E-commerce

Como aumentar as vendas de Natal no e-commerce?

O ano está acabando e as pessoas só pensam nas compras de Natal! Confira as dicas que separamos de como aumentar as vendas de Natal no seu e-commerce.

Como-aumentar-as-vendas-de-Natal-no-seu-e-commerce
Tempo de leitura: 5 minutos

O ano está acabando e os lojistas só pensam em uma coisa: as vendas de Natal no e-commerce. Tanto no comércio físico quanto no eletrônico, esse é um dos maiores períodos de venda do ano e o Natal de 2019 promete ser ainda melhor para as lojas virtuais. 

Isso porque, de acordo com um estudo feito pela PwC, o “Holiday Outlook 2019”, a intenção de compras de Natal pela internet alcança 54%, contra 46% de preferência pelas lojas físicas.

Se liga nas dicas que a gente separou para você aumentar as vendas de Natal no e-commerce e atrair novos clientes!

#1 Renove o layout do seu site

Da mesma forma que o varejo investe nas decorações natalinas para atrair a atenção do público, é legal pensar em customizar sua loja virtual para criar um engajamento maior com os usuários. 

Você pode criar pop-ups, imagens interativas e botões específicos de acordo com o ramo da sua loja virtual. Se você trabalha com vestuário, por exemplo, é interessante incluir uma categoria como “looks para o Natal”, já que é bem comum que as pessoas adquiram roupas novas para as festas de fim de ano.

#2 Invista em divulgação

Investir em divulgação é essencial em todas as épocas do ano, mas em períodos com um potencial de venda grande, como o Natal, é importante elaborar uma campanha de marketing mais estruturada e divulgar nas redes sociais voltadas para o seu público-alvo.

As redes sociais, por exemplo, são uma ótima forma de divulgação e servem para qualquer tipo de negócio, além de ajudar a criar um vínculo do cliente com a sua marca. 

Utilizando redes sociais como o Twitter, Instagram e Facebook, de acordo com o segmento do seu negócio, você consegue atrair um bom público para o seu funil de marketing e aumentar as suas vendas de Natal no e-commerce.

O ponto forte das redes sociais é que você pode obter uma boa presença digital sem a necessidade de investir financeiramente em anúncios, atraindo seu público de forma orgânica. 

No entanto, se quiser obter resultados mais expressivos em um curto período de tempo, é interessante investir em anúncios, em plataformas como o Instagram Ads e o Facebook Ads, onde você consegue alavancar o alcance dos seus anúncios com pequenos valores, inclusive configurando suas campanhas para pagar o anúncio apenas quando o usuário clicar na sua publicação, ajudando você a medir o retorno e a aplicação do anúncio.

Leia também: Como escolher a melhor plataforma de pagamento para o seu e-commerce

#4 Otimize a busca orgânica do seu site

O SEO (Search Engine Optimization) é fundamental para impulsionar as vendas no comércio eletrônico. Ele é, basicamente, uma estratégia para você otimizar seu site, blog ou página na web, com a intenção de  deixá-lo em destaque na primeira página dos mecanismos de pesquisa, como o Google.

Pelo menos 90% das pessoas que fazem buscas na web clicam apenas nos resultados da primeira página e, consequentemente, acabam centralizando suas compras nos sites com maior destaque no internet. 

São várias as estratégias de SEO que você pode aplicar na sua loja virtual, entre elas:

  • ter um layout agradável;
  • gerar conteúdo relevante;
  • otimizar o tempo de abertura das páginas;
  • criar uma URL amigável;
  • utilizar palavras-chave no seu conteúdo.

Dentre todas essas estratégias, foque bastante no uso das palavras-chave, porque são os termos que o usuário busca na internet para encontrar o que deseja. Se você vende celular, por exemplo, pense na forma que a pessoa que quer comprar um celular procura o produto na web. 

A gente pode separar a palavra-chave de duas maneiras: head tail e long tail

A head tail é um termo mais curto e geral, portanto traz muitos resultados nos buscadores. Voltando ao exemplo da venda de celulares, seria algo como “celular” ou “comprar celular”. 

Já a long tail é mais específica e direcionada para o público que você quer impactar, como “celular modelo X, marca Y, 64GB de memória”. Embora o volume de busca seja menor, a long tail diminui a concorrência geral e atrai o usuário ideal para seu produto. 

#5 Planeje suas operações 

A última coisa que você precisa na sua loja virtual é que suas vendas de Natal se transformem em um pesadelo natalino. 

Uma forma de evitar isso é organizar suas operações e melhorar as funcionalidades do seu site, garantindo um acesso rápido na sua página e uma boa usabilidade mobile, levando em conta que boa parte das compras online são feitas em celulares e tablets.

Melhore também seu prazo de entrega, fique de olho na efetivação dos pagamentos dos clientes e tenha um canal de comunicação rápido com eles, para evitar qualquer tipo de problema com a compra e a entrega do produto.

Leia também: Seu site tem tudo que precisa para vender mais?

#6 Estruture uma boa ação de frete

Não é nenhuma novidade para quem vende on-line que muito consumidor desiste da compra quando vê o preço do frete. 

Isso porque muitas vezes o valor do frete é maior do que o valor do produto, o que faz o cliente abandonar o carrinho de compras.

Para não perder as vendas de Natal, pense em estratégias como:

  • frete grátis acima de um determinado valor;
  • disponibilizar a retirada do produto em local físico, seja em uma loja sua ou de algum parceiro comercial;
  • avaliar o uso de aplicativos de entrega em algumas cidades;
  • desconto no valor do frete em compras acima de um determinado valor.

Melhorando sua logística e o preço do frete, você consegue converter muito mais vendas e clientes satisfeitos, além de aumentar as vendas de Natal na sua loja virtual.

A gente também sugere que você foque na campanha de Natal até o dia 15 de dezembro, para que os clientes façam suas compras e consigam receber os produtos antes do Natal.

Outro ponto bem importante é alinhar bem o prazo de entrega com a empresa que faz a logística para sua loja virtual, garantindo que nenhum cliente fique frustrado por não receber seu presente de Natal. 

Para facilitar as entregas, existem várias outras empresas de transporte além dos Correios, como a Avianca Cargo e a Azul Cargo Express, que atuam em todo o território nacional.

#7 Ofereça condições de pagamento atrativas

Mesmo considerando que boa parte dos consumidores recebe o décimo terceiro salário no mês de dezembro, é importante oferecer boas condições de pagamento para aumentar suas vendas. 

Invista em ofertas e cupons de desconto, além de oferecer métodos de pagamento parcelado, através do cartão de crédito. 

Se quiser saber quais são as vantagens de receber pagamentos pelo cartão de crédito, cola com a gente nesse post: Pagamento com cartão de crédito: qual a vantagem?

Dessa forma, você não só garante suas vendas de Natal, mas também fideliza o cliente proporcionando uma boa experiência de compra para ele.

A Juno é a solução de pagamentos ideal para seu e-commerce

A Juno é uma ferramenta completa para você receber os pagamentos do seu e-commerce, seja através de boleto ou cartão de crédito, oferecendo segurança e agilidade para você. Conheça a Juno!