Planejamento estratégico para professores particulares

Foto de Desirée Vilas Boas
Por Desirée Vilas Boas
4 min de leitura
10/03/2020

Ter um planejamento estratégico é essencial para otimizar o fluxo das aulas particulares. Vem conferir as dicas que a gente preparou para você! ?

Ser professor particular é uma forma de estar à frente do seu próprio negócio, ter mais flexibilidade na jornada de trabalho ou até levantar uma grana extra se você já possui outra fonte de renda. Independente da disciplina, metodologia ou plano de ensino que escolha aplicar, ter um planejamento estratégico é essencial para proporcionar um aprendizado constante para seu aluno e organizar o seu trabalho.

Empreender na área educacional pode parecer bem desafiador, principalmente para quem é novo no ramo. Pensando nisso, a gente separou algumas dicas de planejamento estratégico, para você organizar suas aulas e expandir seus serviços.

Defina seu ambiente de trabalho

Trabalhar em casa exige separar sua vida pessoal da sua vida profissional. Embora seja super confortável trabalhar a poucos passos do seu sofá, é preciso muita disciplina para focar nas suas demandas. Por isso, é ideal separar um cantinho específico para dar suas aulas, sejam presenciais ou on-line. 

Se você recebe alunos em casa, reserve um espaço para ser seu escritório, com cadeiras confortáveis, mesa de apoio e materiais didáticos e de papelaria organizados. Se suas aulas são on-line, prepare todos os materiais que irá precisar e certifique-se de encontrar um lugar onde possa reservar exclusivamente para ser seu espaço de trabalho.

Considere deslocamentos

Caso opte por ofertar aulas na modalidade presencial, será necessário definir as regiões onde irá atuar, a forma de se locomover, os custos de locomoção e formas de levar seu material até o local onde a aula será aplicada.

Outro ponto importante é considerar o tempo de deslocamento, que deverá ser calculado com base no meio de transporte que será utilizado e no fluxo de trânsito do intervalo de tempo.

Leia também: Dicas para atrair mais alunos para as suas aulas particulares

Organize sua agenda

Utilizar uma agenda, física ou on-line, é primordial para organizar sua rotina. Marcar todos os horários de aulas na agenda evita atrasos, esquecimentos ou até mesmo marcar mais de um aluno para o mesmo horário.

Uma boa opção é usar o Google Calendar, vinculado a sua conta do Google, que irá avisar você com antecedência dos seus compromissos e permite acesso em qualquer dispositivo, seja no celular, desktop, tablet ou smart watch.

Determine seu horário de trabalho

Definindo em qual horário irá trabalhar, você pode planejar sua vida pessoal e oferecer seus serviços em um período especificado. Isso garante que você tenha seu tempo de descanso, consiga se dedicar para outras atividades e tenha flexibilidade para organizar a sua própria rotina.

planejamento estratégico para professores particulares

Separe um momento para o planejamento

Planejar o conteúdo, exercícios e materiais das suas aulas é algo que consome um tempo significativo e precisa ser feito continuamente. Para não atrasar ou atrapalhar a sua agenda, reserve um dia na semana, de acordo com a sua demanda, para estruturar o conteúdo das suas aulas.

Estabeleça quanto cobrar por hora-aula

Embora não exista uma tabela especificando quanto cobrar por aula, existem alguns fatores que você deve levar em consideração antes de estabelecer a sua precificação. É ideal ponderar sobre a localização, locomoção, preço da concorrência, o quanto de autoridade você possui no assunto, quais são seus diferenciais de ensino e quais são seus custos com materiais didáticos. 

Com base nesses fatores, você pode propor um valor para suas aulas, que cubra seus custos pessoais e profissionais.

Otimize a forma de receber pagamentos

Quanto mais flexibilidade de pagamento você oferecer, como receber por cartão de crédito, mais fácil será conquistar novos alunos. Além disso, é necessário entender quais são os clientes inadimplentes, estabelecer pagamentos recorrentes de alunos que frequentam aulas por um período determinado e centralizar todos os seus recebimentos em um só lugar, formalizando sua prestação de serviços.

Existem plataformas como a Juno, que oferece todas essas funcionalidades e você não precisa ter um CNPJ para se cadastrar.

Seguindo essas dicas de planejamento, você consegue organizar melhor sua rotina enquanto professor particular e ter sucesso no ramo educacional. 

Leia também: Case de sucesso: Teacher Chris – Como empreender como professor

Curtiu nossas dicas? Quer deixar alguma sugestão? Conta pra gente nos comentários! ?