PMEs

Pagamento recorrente: como cobrar com recorrência

A economia da recorrência vem ganhando força no mercado. Para quem vende, tem mais praticidade, maior controle financeiro e relacionamento próximo do cliente. Você sabe como fazer cobranças recorrentes para o seu negócio?

Tempo de leitura: 5 minutos

O pagamento recorrente é uma das vantagens da economia de recorrência. Nela estão assinaturas, planos, mensalidades e contratos periódicos. 

Você sabe como emitir cobranças para ter pagamento recorrente? Se ficou em dúvida se essa forma de venda vale a pena, considere o que a recorrência tem de vantagem

A economia de recorrência é voltada para a experiência e o relacionamento a longo prazo

Para o consumidor, é muito mais prático não ter que entrar em contato mês a mês com o vendedor para receber a cobrança de um serviço de meses ou sem previsão de cancelamento. 

Para o vendedor, as vantagens são a otimização do tempo, maior controle financeiro e praticidade na emissão de cobranças. A recorrência aumenta o potencial financeiro e de lucro da empresa.

Para quem oferece o serviço, a recorrência permite um monitoramento e controle maior das vendas e da receita da empresa. Ao estipular faixas de valores para os serviços, o número de assinantes e novos contratantes é possível programar as recorrências para o envio automático delas por e-mail. 

Para oferecer recorrência é necessário adotar um gateway de pagamento preparado, que atenda desde a emissão das cobranças até os relatórios de pagamento por período, com funcionalidade de lista de inadimplentes para suspender o serviço, se for o caso.

Quais são as formas de pagamento recorrente

Existem algumas formas de cobrar com recorrência, para que o seu cliente faça periodicamente o pagamento pelo seu serviço. Ao dar opções de pagamento para a adesão da assinatura do seu cliente, você ganha vantagem em relação aos concorrentes. 

Veja quais formas de pagamento você pode oferecer

1. Cartão de crédito

O meio de pagamento mais comum entre os serviços de assinatura, o cartão de crédito é garantidor de pagamento. Ele previne atrasos ou esquecimentos, uma vez que o cliente só precisa comprar o serviço uma vez para pagar mensalmente, evita que o cliente pague juros e multa e permite parcelamento do valor. 

Uma recorrência pode ter o valor total dividido em parcelas, como um curso de 12 meses, pago em 24x. Lembre que nesse tipo de pagamento existe o risco de chargeback, que é a contestação da cobrança. Se o chargeback for aceito, a operadora do cartão do seu cliente pode cancelar o pagamento.

2. Débito automático

Assim como cobrança no cartão de crédito, o débito automático dispensa ações do cliente para realizar o pagamento. É bom para os pagadores esquecidos, mas o vendedor precisa fazer cadastro de conta em todos os bancos que quer que receba dessa forma. Por consequência, são poucos os serviços recorrentes que oferecem essa opção. As empresas que oferecem são de contas de consumo, como água e energia.

3. Boleto bancário

O boleto bancário é o mais popular meio de pagamento entre os brasileiros, por isso é indispensável oferecer essa opção. O boleto é atrativo para pessoas que não utilizam cartão de crédito e tem como diferencial a possibilidade de valores diferenciados em um mesmo documento – desconto, multa e juros. Esses recursos incentivam o pagamento, e também são aliados se tratando de relacionamento com o cliente – afinal, quem não gosta de um desconto?!

O boleto bancário para pagamento recorrente pode ser feito de duas formas: 

Carnê

Ideal para quem quer receber todas as cobranças do serviço no boleto em uma única vez. Ter todas as parcelas na mão permite que a pessoa se programe para fazer o pagamento do serviço junto com as demais contas.

Recorrência

A recorrência no boleto é a melhor forma para o cliente recorrente que quer pagar no boleto, mas prefere receber a cobrança a cada período – ao invés de receber boletos de vários meses de uma única vez. Se o pagamento combinado for mensal, com a recorrência de boleto ela recebe a cobrança mês a mês, por exemplo. 

Você pode programar seu sistema de gestão ou plataforma de emissão de cobranças para gerar automaticamente as cobranças no período combinado e enviar automaticamente para o seu cliente. A frequência pode ser semanal, mensal ou anual – você determina os dias, semanas ou meses de intervalo.

4. API

A cobrança por API é uma forma de cobrança que integra ao seu site ou sistema as funcionalidades de um gateway de pagamento. Com a integração feita, o próprio cliente emite a cobrança, sem ser redirecionado para outro site no momento do pagamento, ou seja, sem ser direcionado para uma página externa de checkout. Isso de acordo com a documentação dos parâmetros do gateway e com as suas configurações.

Por ser uma solução mais robusta, ela é indicada para quem precisa oferecer um site ou  aplicação com muitas funcionalidades. Quem tem um sistema ERP também necessita da integração API, porque precisa entregar recursos para os seus clientes (para que eles ofereçam serviço aos seus consumidores), de forma whitelabel, ou seja, de forma que só apareça a sua marca durante a experiência do cliente.

Além de cobranças, o que mais um gateway de pagamento faz?

A emissão de uma cobrança para um único cliente pode ser simples, não é? Muitas pessoas querem assinar o box ou fazer parte do clube de vinho. Controlar o envio da cobrança, bem como os pagamentos de muitas pessoas, já não é uma tarefa fácil sem a automatização.

Esse é papel do gateway de pagamentos no seu negócio: otimizar o tempo que você gastaria na emissão das cobranças. 

Com automatização de cobranças, a baixa de pagamentos e a conciliação financeira é otimizada. 

O trabalho manual abre espaço para análise estratégica, uma vez que você pode acompanhar os dados dos pagamentos recorrentes em painéis e relatórios. Ao invés de se preocupar com questões bancárias, você monitora os pagamentos e analisa os relatórios para ter novos insights, para agregar mais valor no produto e no relacionamento com o cliente.

Para isso, adote um sistema completo, que, além dessas vantagens, tenha antifraude para evitar maus pagadores e reduzir chargeback em pagamentos de cartão de crédito. A Juno permite que empresas consigam emitir cobranças recorrentes no cartão de crédito (via API) e boleto bancário, sem que você precise lidar com bancos ou ter carteira de cobrança.

Leia também: Como escolher a melhor plataforma de pagamento

Dicas extras para atrair paradores recorrentes

Como a recorrência é uma forma de consumo que vem crescendo, com processos automatizados, pense aumentar sua fatia do mercado. 

Algumas estratégias podem ajudar a atrair mais interessados no seu negócio. Separamos duas:

Invista em propaganda 

Para ser reconhecido por potenciais novos clientes, você precisa colocar sua mensagem e marca em lugares que chame a atenção deles e, para fidelizar, você precisa ser reconhecido pela qualidade e entrega de valor do seu serviço. O marketing digital tem muito a contribuir com isso. 

Ofereça o mesmo serviço em diferentes formatos

Flexibilizar o formato de venda torna seu negócio atrativo para diferentes perfis de pessoas. É uma porta de entrada para que conheçam o seu serviço e se tornem assinantes fiéis. 

Veja quais são esses diferentes formatos:

  • Assinatura: contratação única de um serviço, que é cobrado automaticamente e prestado até que haja o cancelamento.
  • Mensalidade: programada como cobrança recorrente mensal no cartão de crédito ou boleto.
  • Plano: diferentes quantidades do serviço ou produto, com valores diferentes. Seu cliente escolhe o que for melhor e se quiser intensificar o consumo para uma quantidade maior de produtos ou funcionalidades, pode subir para um plano maior. Se ele estiver financeiramente apertado no mês, ao invés de cancelar, ele pode regredir para um plano menor. 
  • Parcerias: se alie a outras empresas para integrar sua solução com elas. A experiência integrada agrega valor ao consumidor.
  • Cartão presente: ofereça esse formato para quem gosta do seu serviço poder compartilhar com outras pessoas e assim, quem sabe, você ganha um novo cliente.

Gostou de conhecer mais sobre formas de pagamento recorrente? Faça o seu cadastro na Juno e conte com os nossos experts para otimizar o seu negócio!