E-commerce

O que é um gateway de pagamento?

O momento de fechar uma compra é parte essencial da experiência do usuário em um e-commerce e os gateways de pagamento são interfaces que possibilitam que esse processo aconteça de forma rápida e segura, sem intermediários. Saiba mais!

Gateway de pagamento imagem descritiva
Tempo de leitura: 4 minutos

A dinâmica de meios de pagamentos para negócios que lidam com transações financeiras online precisa ser pensada de forma diferente do tradicional. Isso porque esse tipo de operação exige soluções de automação capazes de proporcionar segurança, agilidade e credibilidade de forma simultânea. 

Toda a jornada de compra do consumidor é estruturada de forma diferenciada dentro do comércio eletrônico e a reta final, ou seja, o momento de efetuar o pagamento de uma compra, também faz diferença na experiência do usuário dentro desse processo.

Leia também: Conheça os meios de pagamento mais usados no e-commerce

Nesse sentido, trazer eficiência e confiança para os pagamentos online é uma necessidade de mercado cada vez mais exigida e dentro deste contexto estão os gateways de pagamentos, um tipo de sistema que possibilita que as transações aconteçam de forma direta e segura.

Neste post, exploramos o conceito de gateway de pagamentos, suas vantagens para os negócios e como ele funciona. Confira!

Gateway de pagamento imagem descritiva

O que é um gateway de pagamento, afinal?

De forma simples, o gateway de pagamento possibilita processar o pagamento online via cartão de crédito, de débito e boleto bancário no momento em que a compra é finalizada no checkout do e-commerce.

Em outras palavras, os gateways de pagamento funcionam como ferramentas responsáveis por conectar e-commerces a agentes financeiros, como operadoras de cartão e bancos por exemplo. Para ilustrar bem a sua função, é possível comparar o que gateway faz com as famosas maquininhas de cartão em lojas físicas. 

Na lógica da jornada de compra, o consumidor vai selecionar no carrinho os itens que deseja comprar e, quando estiver pronto para pagar sua compra é que ele vai entrar em contato com o gateway de pagamento, que nada mais do que o sistema que vai servir como uma espécie de ponte entre o cliente, a instituição financeira e a operadora de cartão de crédito. Tudo isso acontece de forma automática, sem que o consumidor perceba.

Para que servem os gateways?

Os gateways de pagamento são o ambiente do e-commerce destinado para a transação, garantir o recebimento por parte da loja virtual, pela instituição financeira credenciada e ainda gerar o comprovante pela compra dos produtos

Em compras realizadas via cartão de crédito, a comunicação com a operadora acontece de forma instantânea e, se o limite do cliente estiver positivo, a compra é concluída na mesma hora. Já nos pagamentos por boleto bancário, o tempo de compensação da compra pode ser de até 3 dias úteis a partir do pagamento efetuado pelo consumidor. 

Todos esses processos acontecem de forma automática e de forma independente do e-commerce, o que significa que o lojista precisa firmar contratos junto às instituições financeiras, além de assumir todos os riscos relativos às transações efetuadas.

Como essas transações acontecem de forma independente da loja virtual, se porventura o titular do cartão entrar com uma reclamação por desconhecimento de uma compra efetuada, a operadora pode registrar o tão temido chargeback, que o estorno da compra. 

Leia também: O que é chargeback e como evitar no seu e-commerce

Como no gateway é a figura do lojista quem se responsabiliza por todas as transações financeiras efetuadas, é ele quem vai ser acionado para devolver o valor da compra ao consumidor e assumir o prejuízo do pagamento não recebido e também do produto não retornado ao estoque.

Conheça as vantagens dos gateways de pagamento

Com o gateway de pagamento, o e-commerce fica livre de terceirizar o serviço de pagamentos online. Mas essa não é a única vantagem que essa interface oferece para os negócios, confira:

Redução de custos

Justamente por não precisar contar com um serviço terceirizado de gestão financeira, o e-commerce que conta com a solução do gateway consegue reduzir consideravelmente os custos do seu negócio. 

Conexão direta com bancos e operadoras de cartão

As transações financeiras do negócio acontecem diretamente entre a loja virtual, os bancos credenciados e as operadoras de cartão, o que garante agilidade e eficiência a esse processo sem intermediários.

Segurança

Todas as transações que acontecem no sistema de pagamento online são criptografadas por exigência das bandeiras de cartão de crédito. Dessa forma, tantos os dados sensíveis do titular do cartão quanto as informações sigilosas da empresa ficam seguras e protegidas. 

Agilidade

O tempo das operações financeiras realizadas por meio do gateway costuma ser menor do que em outros sistemas de pagamento, o que torna o processo mais rápido e ágil. Com transações mais rápidas, o seu negócio se torna mais rentável e a experiência do usuário é aprimorada.

Autonomia

Os gateways oferecem autonomia para que o lojista opere o próprio sistema. Dessa forma, nenhuma operação, com exceção daquelas que ocorrem dentro do da operadora do cartão ou do sistema bancário, acontece fora do e-commerce.

O banco de dados da loja virtual armazena as informações e não depende de empresas terceiras para a tomada de decisões ou para qualquer alteração na rotina de pagamentos e recebimentos.

Leia também: 6 dicas para aumentar a conversão de vendas no seu e-commerce

Quer continuar essa conversa? Fale com a gente pelas nossas redes sociais @tamojuno 🤟