Tecnologia

O que é Banking as a Service?

A tendência do modelo de negócios ‘as a Service’ tem conquistado diversos setores da economia brasileira, e o mercado financeiro não ficou fora dessa. O chamado Banking as a Service, surgiu como uma forma inteligente de oferecer serviços bancários de forma descomplicada e sem burocracia. Saiba como esse modelo funciona no artigo a seguir!

Banking as a Service imagem descritiva
Tempo de leitura: 4 minutos

A forma de pensar o conceito de banco e serviços financeiros têm ganhado uma dinâmica cada vez mais diferentes nos últimos anos e isso vem acontecendo principalmente por uma necessidade do mercado. 

Um exemplo dessa movimentação no mercado financeiro do Brasil é a implementação do Open Banking (Sistema Financeiro Aberto) pelo Banco Central, que tem como objetivo aumentar a eficiência e a competição no Sistema Financeiro Nacional e abrir espaço para a atuação de novas empresas do setor.

Leia também: O que é Open Banking e como ele vai mudar os bancos brasileiros

Dentro desse cenário de dinamização do mercado financeiro brasileiro, outro conceito que veio para ficar é o chamado Banking as a Service, que tem a função principal de inovar na forma como os serviços financeiros são oferecidos aos clientes finais. 

Para que isso seja possível, o BaaS, sigla para Banking as a Service, possibilita um fluxo completo de serviços integrados para os clientes a partir de uma plataforma única e de acordo com as necessidades do negócio de cada usuário.

Entenda como funciona esse tipo de inovação em serviços financeiros no artigo que preparamos para você. Vem com a gente!

Banking as a Service imagem descritiva

O conceito ‘as a service

O modelo chamado as a Service ou como um serviço, na sua tradução para a língua portuguesa, vem sendo utilizado por diversos segmentos do mercado.

Em termos práticos, este modelo disponibiliza a infraestrutura necessária para operacionalização de um serviço, bem como pela disponibilização do sistema. Um bom exemplo disso seriam servidores e a segurança da informação. 

Esse conceito flexibiliza os serviços, pois possibilita que o cliente contrate exatamente aquilo que seu negócio precisa a partir de APIs de integração

O que é Banking as a Service?

Mais conhecido por sua sigla BaaS, a expressão traduzida do inglês significa Banco como Serviço, mas o que isso quer dizer na prática? A tendência crescente do modelo de negócios ‘as a Service’ mostra uma mudança no perfil do empresário, que busca soluções diferenciadas e personalizadas ao seu negócio.

No contexto dos serviços financeiros, esse cenário não é diferente e o BaaS surge como uma solução para que negócios possam oferecer esse tipo de serviço aos seus clientes, sem que sejam bancos tradicionais. Isso torna o processo muito mais dinâmico, descomplicado e sem burocracia.

E como isso funciona?

Plataformas de serviços financeiros, geralmente fintechs como a Juno, disponibilizam sua API para que empresas possam integrar seus sistemas e oferecer soluções financeiras para seus clientes como se fossem um banco, mas de forma muito mais otimizada e digital.

Quais são as vantagens do BaaS?

Menos burocracia

Ao oferecer serviços financeiros que um banco oferece, mas sem depender de processos burocráticos normalmente atrelados a esse tipo de instituição financeira. Isso reduz os atritos na hora de disponibilizar soluções financeiras para os clientes.

Atração e retenção de clientes

Ao oferecer o que seus clientes procuram e fomentar a disponibilização de serviços financeiros alinhados às necessidades deles, seu negócio aumenta as chances de atrair e reter novos clientes. 

Maior flexibilização de serviços

A empresa que implementar o Baas tem a possibilidade de escolher oferecer apenas os serviços bancários que fazem sentido para seus clientes, e não tudo que um banco tradicional ofereceria. Isso otimiza e personaliza muito mais a forma de pensar o negócio de uma modo geral.

Facilidades no pagamento

Com o Banking as a Service, é possível parcelar do valor dos pagamentos, sem precisar de um intermediário bancário para isso. Essa divisão é oferecida pela própria empresa e auxilia na conversão de vendas de itens de custo mais alto, como cursos, por exemplo.

Mais segurança

Por oferecer os serviços financeiros de forma integrada, esse tipo de modelo oferece segurança e escalabilidade às empresas, garantindo que todas as transações sejam protegidas.

Seu sistema com poder de banco pela Juno

A API banking-as-a-service da Juno é a solução de cobranças completa para eliminar seus atritos com os serviços bancários tradicionais.

Leia também: Conheça a Juno para Devs: a documentação da nossa API

Como funciona: 

  1. Escolha quais serviços financeiros deseja disponibilizar para seus clientes;
  2. Uma credencial de acesso é gerada para a integração da API BaaS da Juno com a sua plataforma;
  3. Integre sua plataforma com a API BaaS da Juno;
  4. Seus clientes aproveitam a expertise e tecnologia da Juno dentro do seu sistema.

Conheça os serviços financeiros que a API da Juno disponibiliza para seus clientes: 

  • Emissão de boletos bancários;
  • Cobrança no cartão de crédito;
  • Pagamento de contas;
  • P2P;
  • Link de pagamentos;
  • Transferência para qualquer banco;
  • Cartão Pré-Pago;
  • Pagamentos via QR Code;
  • Automatização de cobranças recorrentes.

Solução whitelabel

A Juno trabalha por trás das cortinas para que o seu sistema entregue a melhor solução financeira do mercado para o seu cliente. Nossa integração é whitelabel: o seu cliente não sai da sua plataforma em nenhum momento e nem vê a marca da Juno: apenas a sua.

Conheça mais sobre a API banking-as-a-service da Juno nesse link!

Acesse a documentação da API da Juno aqui.

Quer fazer mais pelo seu negócio? 

Preencha o formulário abaixo e a nossa equipe entrará em contato!

Quer continuar essa conversa? Fale com a gente pelas nossas redes sociais @tamojuno 🤟