Novidades do Pix para 2022: o que esperar do sistema do BC?

Foto de Time Juno
Por Time Juno
6 min de leitura
12/01/2022

Logo depois de completar um ano de operação, o Banco Central já anuncia novidades do Pix para 2022. Saiba mais!

Depois de completar o seu primeiro ano de operação, o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central não dá sinais de desacelerar para 2022. Ainda sem um calendário definido, o BC já anunciou novidades do Pix para o próximo ano.

As novas funcionalidades que devem chegar ao mercado ao longo do ano prometem facilitar ainda mais a rotina financeira dos mais de 115 milhões de usuários do Pix, responsáveis por realizar mais de ​​7 bilhões de transações até novembro de 2021, segundo dados divulgados pelo Banco Central.

Com transações disponíveis 24 horas por dia, durante todos os dias da semana e do ano — o que inclui também dias não úteis, o Pix tem transformado o mercado de meios de pagamento com sua compensação financeira em até 10 segundos. 

Desde seu lançamento, vender, pagar e transferir ganharam uma nova dinâmica para o consumidor brasileiro. E agora, para o seu próximo ano de operação, o sistema de pagamentos instantâneos do BC promete continuar  facilitando a vida de seus usuários. Confira o que vem por aí no Pix!

O primeiro ano do Pix

Imagem mostra pagamento sendo efetuado pelo sistema do BC para ilustrar novidades do Pix

De forma resumida, os primeiros 12 meses de operação do Pix já mostraram que o sistema do Banco Central veio com a missão de facilitar a rotina de pagamentos do brasileiro. 

Com suas transações por meio de QR Codes estáticos e dinâmicos, esse sistema de pagamentos instantâneos já registrou mais de  R$ 4 trilhões, com cerca de 348.096.007 milhões de Chaves Pix criadas. 

Até novembro de 2021, foi registrado que 7,9 milhões de empresas usam o Pix para receber pagamentos, o que representa cerca de 54,6% do total de negócios com relacionamento com o Sistema Financeiro Nacional.

Clique AQUI para ver a retrospectiva completa do primeiro ano de Pix

Confira as principais novidades do Pix anunciadas para 2022:

Pix Offline

O Pix Offline é uma das novidades do Pix mais aguardadas para o próximo ano. Com ela, os usuários terão a possibilidade de fazer transações pelo sistema instantâneo mesmo que não possuam conexão com a internet.

Imagine o seguinte cenário: você tem um comércio físico e recebe pagamentos por maquininha de cartão e também por Pix, e em um certo dia passe sua conexão passe por instabilidades. Com o Pix Offline, você vai poder fazer suas vendas mesmo que não haja internet naquele momento. 

Isso também vai valer para fazer transferências e pagamentos em outros tipos de negócios quando o usuário estiver sem internet.

O Banco Central ainda estuda formas de viabilizar essa nova funcionalidade, mas assim que ela estiver disponível, a expectativa é de ampliar ainda mais a utilização do Pix.

Pix para transações internacionais

O diretor do Pix no Banco Central, João Manoel Pinho de Mello, afirma que um dos planos para o sistema de pagamentos instantâneos em 2022, é possibilitar que as transações sejam realizadas também internacionalmente.

Ainda não existem muitas definições por parte do BC de como essa funcionalidade vai chegar para o mercado de pagamentos, mas a expectativa é de que ela possibilite a expansão da operação de negócios para outros países, principalmente para quem vende online.

Débito automático no Pix

Essa novidade do Pix prevista para 2022 tem como objetivo possibilitar pagamentos recorrentes por meio do sistema instantâneo do Banco Central. 

Até o momento, o BC fala que essa funcionalidade vai entrar no mercado para que o usuário coloque contas como luz, água, internet e telefone no débito automático. 

No entanto, o débito automático no Pix abre possibilidade para pensar em cobranças recorrentes de outros tipos pelo Pix, como a venda de produtos por clubes de assinatura, por exemplo.

Pix Garantido

Imagem ilustra novidades do Pix para vendas parceladas

Outro lançamento muito aguardado do sistema de pagamentos instantâneos do BC é o Pix Garantido, que vai possibilitar que o usuário faça compras parceladas pelo Pix.

Essa funcionalidade entra como concorrente direta dos já tradicionais cartões de crédito, pois o sistema do Banco Central oferece taxas mais baixas para os empreendedores.

Em 2022 será lançada a funcionalidade do Pix que possibilita fazer compras parceladas, lançando o meio de pagamento na concorrência direta com os tradicionais cartões de crédito. 

Seu funcionamento será muito semelhante ao dos cartões, em que a instituição financeira disponibiliza um limite de crédito para o usuário, que poderá fazer compras à vista ou parceladas com as taxas do Pix.  

Para a figura do lojista, o Pix Garantido deve ser ainda mais em conta, pois com ela não vai ser necessário bancar custos intermediários com adquirente (maquininha) e bandeira do cartão.

Pix Aproximação

Essa é mais uma das novidades do Pix que aproxima os usuários do sistema de pagamentos do Banco Central dos consumidores que já estão acostumados a utilizar cartões para efetuar compras com cartões. 

O Pix Aproximação vai possibilitar fazer pagamentos pelo sistema de pagamentos instantâneos do BC aproximando o celular da maquininha de cartão, por exemplo, como hoje acontece com cartões de crédito e débito.

Conta salário

Essa previsão de lançamento do Pix é importante especialmente para a conciliação financeira das empresas, oferecendo vantagens tanto para os donos de negócios, com custos menores na hora de transferir os pagamentos, quanto para os colaboradores, que contam com mais velocidade no momento de receber. 

Outro benefício que essa novidade do Pix vai oferecer é permitir a transferência do salário para outras contas a qualquer momento, sem a cobrança de taxas.

Seu negócio está pronto para todos os lançamentos do Pix para 2022? Na Juno, você tem a conta PJ mais completa do mercado para gerenciar seu dinheiro e vender por Pix o ou boleto bancário. Ainda não é Juno? Abra sua Conta Juno em até 6 minutos e comece a mudar a história do seu negócio com a gente!

Veja também: