E-commerce

Integração da loja física à virtual: como e por que fazer

Integrar a loja física com e-commerce não é uma novidade no meio empresarial, mas é uma tendência que tem ganhado cada vez mais espaço nos últimos anos. Confira a melhor forma de fazer essa integração!

Integração imagem descritiva
Tempo de leitura: 4 minutos

O comércio composto por lojas físicas, muito conhecido do consumidor brasileiro, enfrenta mudanças sem precedentes em 2020, por conta do distanciamento social provocado pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2). A adaptação é estratégia-chave para manter as vendas, ainda que em tempos de crise, como a que vivemos nesse momento. 

Leia também: Guia completo: como manter as vendas em tempos de crise

Mesmo negócios tão tradicionais, como lojas físicas, podem virar a chave e continuar vendendo, sem quebrar as regras do isolamento social ou precisar inventar a roda. A solução é uma tendência que tem tomado conta do comércio há algum tempo: a integração de lojas físicas com as virtuais.

Esse processo, além de possibilitar que negócios até então offline, continuem convertendo vendas, abre caminho para a expansão da empresa. Isso porque a internet transformou completamente a maneira como as pessoas consomem produtos e serviços, e disponibilizar suas mercadorias também de forma online pode ser muito benéfico para o negócio – mesmo em momentos em que a crise econômica não é um problema generalizado.

A integração do comércio físico para o virtual transforma a experiência do cliente em uma verdadeira jornada de compra, com um maior grau de satisfação. Outra grande vantagem é a estratégia omnichannel, que conversa muito com o novo tipo de consumidor, o qual compra por meio de canais diferentes, consumindo de uma mesma marca.

Esse são apenas alguns exemplos de como integrar a sua loja física ao meio virtual pode trazer vantagens para o seu negócio. Mas como qual é a melhor forma de fazer essa integração acontecer? Fique tranquilo, é menos complicado do que parece. Vem com a gente!

Integração imagem descritiva

Como integrar loja física e virtual

Desenvolvimento de uma estratégia omnichannel 

O conceito de omnichannel surgiu do novo perfil de comportamento do consumidor, que que busca muito mais do que uma compra na hora de escolher produtos ou serviços de uma loja, ele busca uma experiência. Isso significa que é preciso desenvolver um relacionamento mais estreito e assertivo com clientes e prospects nesse cenário.

Para ganhar destaque um e-commerce deve ser omnichannel. Essa estratégia significa a integração entre diferentes pontos de contato junto ao consumidor. Seu principal objetivo é garantir uma melhor experiência de compra, além de criar e desenvolver um relacionamento mais estreito com clientes e prospects

Na prática, isso significa integrar loja física e virtual em todos os aspectos:

  • Ferramentas tecnológicas;
  • Estratégias de marketing;
  • Treinamento dos funcionários.

Tenha um ERP integrado à plataforma de e-commerce

O sistema de ERP (Enterprise Resource Planning) é um software de gestão empresarial responsável por centralizar todas as tarefas gerenciais do negócio, como pagamentos, faturamentos,  estoque, cadastro de produtos,logística, fornecedores, entre outras.

Justamente por otimizar processos internos e aumentar a produtividade da empresa é tão importante que a sua plataforma de e-commerce tenha a possibilidade de integração com um sistema ERP. Dessa forma, a sua loja física e virtual tornam-se uma só, em termos de gerenciamento. 

A Juno é uma intermediadora de pagamentos que veio para descomplicar os serviços financeiros da sua empresa, com uma gestão completa das transações e clientes do seu negócio. 

Com a nossa solução, você pode oferecer seus produtos e serviços de forma integrada a partir de uma API simples e robusta, além de contar com as melhores funcionalidades do mercado que garantem a segurança de todas as suas transações.

Saiba como a Juno pode ajudar o seu ERP: 

  •  Emissão de cobranças com boleto bancário e cartão de crédito;
  •  Relatórios diários automatizados;
  •  Automação de arquivos de remessa e de retorno;
  •  Baixa automática de boletos bancários;
  •  Cobranças recorrentes e tokenização do cartão de crédito.

Treine os colaboradores para integrar loja física e virtual

Para que a integração da sua empresa seja bem sucedida, é fundamental garantir que todos os colaboradores estejam na mesma página. Muitos deles podem não estar habituados a trabalhar com ferramentas específicas do e-commerce e isso pode mudar um pouco a rotina de todos. 

Uma boa solução é estruturar uma boa agenda de treinamentos e feedbacks, para que todo mundo na equipe possa aprender da melhor forma. Vale lembrar que tudo isso precisa acontecer sem que o atendimento ao cliente seja afetado, aliás, o ideal é que o consumidor da sua marca não percebe diferença alguma no atendimento entre online e offline, e sinta-se sempre bem atendido.

O importante é criar uma boa experiência de compra, que leve o consumidor final da sua marca a efetuar a compra.

Vantagens em integrar a sua loja física e e-commerce

Aumento no alcance de pessoas

O consumo online tem ganhado cada vez mais espaço. De acordo com uma pesquisa feita pela ABCOMM, em 2019, o comércio eletrônico deve crescer 18% em 2020 e movimentar R$ 106 bilhões. Com a maior parte das lojas físicas fechadas por conta do coronavírus, integrar sua loja ao e-commerce é uma forma de manter as vendas.

Ao investir em uma loja virtual, será possível criar estratégias de marketing digital e alcançar seu público-alvo com mais facilidade.

Melhoria na qualidade do atendimento

O e-commerce traz velocidade no atendimento ao cliente, que pode entrar em contato com a marca por diversos meios de comunicação, como o tradicional SAC, e-mail, redes sociais, entre outros.

Isso possibilita uma comunicação muito mais próxima com o cliente e permite uma melhoria no atendimento. Grandes empresas investem em equipes de Customer Success, com o objetivo de qualificar cada vez mais o atendimento e trabalhar nas estratégias de fidelização e retenção de clientes.

Mais credibilidade para a marca

Aqui o processo é inverso: o fato dos clientes e prospects saberem que o e-commerce conta com uma loja física, passa certa credibilidade para a marca. Muitos consumidores gostam de saber que podem trocar os produtos fisicamente, por exemplo.

Integrar a loja física ao e-commerce é uma estratégia que pode alavancar as vendas e trazer novas perspectivas para o negócio como um todo. 

Quer continuar essa conversa? Fale com a gente pelas nossas redes sociais @tamojuno 🤟