Guia de atendimento ao cliente: canais, boas práticas e retenção

Foto de Tatiana Michaud
Por Tatiana Michaud
25 min de leitura
13/10/2021

Vender bem não é o suficiente para manter um negócio. É preciso pensar em estratégias que fidelizam o cliente e aumentem a competitividade da marca no mercado. O atendimento ao cliente é capaz de aumentar a conversão de vendas e tornar a empresa uma referência. Confira o nosso guia!

O sucesso de um negócio depende de muito mais do que somente converter vendas, e ainda que vender bem e cada vez melhor seja boa parte desse processo, o atendimento ao cliente é uma das principais áreas responsáveis por garantir o seu desenvolvimento sustentável.

Além de ser um dos pilares para assegurar a conversão de vendas, essa área também possibilita a retenção e fidelização de clientes, e ainda pavimenta o caminho para a consolidação da empresa no mercado.

Quando falamos em atendimento ao cliente, é um processo que envolve todas as etapas da jornada de compra, incluindo o pós-vendas. Justamente nesse sentido, é preciso que esse processo seja realizado de forma estratégica, com foco na satisfação do cliente

Neste post, você confere um guia completo de atendimento ao cliente, desde canais para isso, até boas práticas e estratégias de retenção. Vem com a gente!

Importância do atendimento ao cliente

imagem mostra jovem mulher fazendo atendimento ao cliente em frente a notebook

A forma como uma empresa realiza o atendimento ao cliente pode tanto ajudar no processo de torná-la mais competitiva no mercado quanto acabar com a sua reputação. 

Muitas das avaliações negativas em sites como o Reclame Aqui, por exemplo, são referentes ao atendimento que os consumidores recebem quando entraram em contato com um negócio. 

Por outro lado, quando a empresa oferece um atendimento fora do comum, isso passa a se tornar um diferencial de mercado e eleva o nível de competitividade da marca. Mas o que é considerado um bom atendimento ao cliente, afinal? 

Vale lembrar que esse contato pode ser tanto ao entrar em uma loja física, como também uma conversa pelas redes sociais, telefone, chat ou até mesmo e-mail: toda comunicação é considerada um atendimento ao cliente

Falhas nesse processo podem acarretar não apenas problemas para a reputação da marca, como também implicar em sérios prejuízos financeiros para o negócio, pois quando um atendimento não corresponde às expectativas, vendas não são convertidas, além de afetar a credibilidade da loja no mercado.

Alguns fatores pautados em boas práticas ajudam a delimitar o que faz um atendimento ser considerado positivo, como por exemplo:

  • Comunicação assertiva, que aproxima o cliente;
  • Clareza nas informações;
  • Agilidade na resolução de problemas; 
  • Conhecimento sobre os produtos e serviços da empresa.

Tornar esses elementos parte da rotina do atendimento ao cliente do seu negócio é o primeiro passo para se tornar um diferencial no mercado nessa área.

Tipos de atendimento ao cliente

Quando falamos em atender um cliente, esse processo vai muito além de apenas responder dúvidas ou apenas contar com a simpatia da sua equipe para dar conta do recado. 

Existe muita estratégia envolvida em encantar o cliente, justamente por isso que a equipe responsável por fazer esse atendimento é chamada de CX, uma sigla para a expressão em inglês Customer Experience, que na tradução fica Experiência do Cliente. E não apenas na tradução que esse termo é literal, o atendimento ao cliente realmente representa um papel muito importante na experiência de compra do cliente

Ao falar de estratégia em atendimento, nos referimos aos tipos existentes e em que momento da jornada utilizar cada um deles. São dois os principais tipos: receptivo e ativo.

É importante ressaltar que, durante a jornada de compra, é muito provável que o cliente irá passar por esses dois tipo de atendimento, em momentos distintos do funil de vendas. Justamente por isso, é essencial entender como eles funcionam e suas diferenças.

Receptivo

Como o próprio nome já indica, o atendimento receptivo acontece a partir de uma reação a uma ação do consumidor. Isso quer dizer que o primeiro contato é feito pelo consumidor ou prospect e não pela empresa, como acontece tradicionalmente.

O atendimento geral acontece nos seguintes cenários:

  • Quando o cliente visita o site da loja ou os seus canais de comunicação;
  • Ao ser impactado por anúncios e publicidade da marca;
  • No momento em que precisar de suporte;
  • Depois de receber uma indicação de algum conhecido sobre a marca;
  • Ao fazer pesquisas de palavras-chave relacionadas com a sua empresa e encontrar o site do seu negócio;
  • Ao passar por alguma insatisfação durante a jornada de compra.

Ainda que esse tipo de atendimento seja uma ótima oportunidade para converter vendas, pois foi o próprio prospect ou cliente que entrou em contato com a marca, vale lembrar que há situações mais negativas, como por exemplo, insatisfações ou a necessidade de suporte técnico.

Independentemente do cenário, é fundamental que a sua equipe seja muito solícita e alinhada com os valores da sua empresa – tanto para ajudar o cliente quanto para vender, é preciso que o time saiba de fato o que está vendendo. Mas como fazer esse tipo de atendimento? Confira nossas dicas:

  1. Escute o cliente: além de ser necessário para entender o que o consumidor precisa, a escuta ativa do atendimento receptivo ajuda a identificar o que os clientes sentem sobre a sua marca;
  2. Faça perguntas objetivas: mesmo que o contato tenha sido iniciado pelo cliente, o perfil de compra dele continua buscando agilidade no atendimento, então é importante garantir que entendeu a demanda pedida, mas é preciso fazer isso a partir de perguntas muito concisas;
  3. Evite interrupções: escute o cliente com atenção e de forma contínua e só interrompa em casos extremamente necessários;
  4. Registre respostas padrão: é importante manter um arquivo com as principais dúvidas dos clientes para agilizar o atendimento.

Ativo

No atendimento ativo, por sua vez, a iniciativa de contato com o consumidor ou prospect parte da própria empresa.

É comum ver atendimentos deste tipo em situações como:

  • Na venda de produtos ou serviços;
  • Para oferecer promoções e descontos;
  • Para solicitar feedbacks sobre a empresa e aplicar pesquisas de satisfação;
  • Para colocar em prática estratégias de pós-vendas.

Ao entrar em contato diretamente com o cliente, você demonstra preocupação com a sua satisfação, o que reflete positivamente para a marca como um todo, além de ajudar na construção de um relacionamento sólido com o consumidor. Separamos dicas de como realizar esse tipo de atendimento, veja abaixo:

  1. Seja cordial e fale com clareza;
  2. Transmita confiança e segurança, principalmente se o atendimento for por telefone;
  3. Garanta que sua equipe esteja totalmente alinhada com o tom de voz da marca, ou seja, sua personalidade, missão e valores;
  4. Mantenha um registro/roteiro com as principais features dos produtos e serviços da sua empresa para que o time de CX possa acessar a qualquer momento para consulta.

Benefícios do atendimento ao cliente

foto de homem fazendo atendimento ao cliente pelo telefone

É importante levar em consideração que o atendimento ao cliente não apenas ajuda a converter vendas e a fidelizar clientes para o seu negócio, ele também dá o tom de voz da sua marca, ou seja, mostra a personalidade da sua empresa para o público-alvo. E as vantagens desse processo não param por aí! Conheça os principais benefícios do atendimento ao cliente para o seu negócio:

Aumento na conversão de vendas

Converter uma venda já é um resultado positivo para um negócio, mas vender para o mesmo cliente diversas vezes é um sucesso de vendas, e o atendimento ao cliente, quando bem efetuado, desempenha um papel fundamental neste processo

Clientes satisfeitos tendem a comprar mais vezes e das mesmas empresas, criando um vínculo importante com a marca. O aumento na conversão de vendas vai refletir positivamente no ticket médio do negócio, fazendo com que a sua lucratividade aumente de forma saudável.

Leia também: 5 maneiras de aumentar o ticket médio da sua loja virtual

Uma dica que vale ouro para o seu negócio: com a Juno, você não precisa se preocupar em fazer esse cálculo. Ao acessar o painel de relatórios na plataforma, é possível visualizar com facilidade o ticket médio do seu negócio, além de uma série de dados essenciais para acompanhar sua saúde financeira.

Fidelização de clientes

Quando o cliente se sente bem atendido durante a sua jornada de compra, existe uma tendência muito grande que ele volte a realizar compras com a mesma empresa. Esse processo tende a se repetir até que o cliente se torne um consumidor fiel

Mas não existe mágica, é necessário pensar a fidelização como uma estratégia constante, que envolve todas as etapas da jornada de compra do cliente no seu negócio, levando em consideração também o pré e o pós-vendas. 

Maior retenção de clientes

O passo seguinte na estratégia de vendas de um negócio, após ter fidelizado um cliente, é conseguir retê-lo em sua empresa. 

Vários fatores podem contribuir para esse resultado tão almejado, mas o bom atendimento com certeza ajuda consideravelmente nesse processo, fazendo com o que o cliente se sinta influenciado positivamente a consumir os produtos ou serviços da empresa por mais tempo. 

A retenção desempenha um importante papel na redução de custos e aumento da lucratividade do negócio. Isso significa que uma estratégia de atendimento bem estruturada tem impacto direto na receita da empresa, principalmente a médio e longo prazo.

Se tornar referência de mercado

Oferecer um bom atendimento ao cliente é um grande diferencial para uma empresa em relação aos seus concorrentes. Negócios que atendem bem, mesmo que não ofereçam os valores mais competitivos do mercado, se destacam em meio à concorrência e costumam atrair e reter mais clientes.

Essa estratégia possibilita que a sua empresa desenvolva uma boa vantagem competitiva, pois a torna reconhecida pelo atendimento positivo e cuidado com os consumidores. O resultado dessa equação é tornar-se uma referência no mercado.

Melhor experiência dos consumidores

Um dos fatores em que o atendimento ao consumidor pode fazer muita diferença, é em proporcionar uma experiência positiva de compra. Esse é também um dos principais objetivos de uma equipe de CX focada no sucesso do negócio. 

No episódio 53 do Código Azul, o podcast de finanças e tecnologia da Juno, a Renata Bandeira, coordenadora do nosso time de Customer Experience explica sobre o impacto que o atendimento ao cliente pode ter na experiência do cliente.

“A experiência do cliente sempre foi um dos fatores que influenciam na decisão de compra. Eu acho que todo mundo já passou por alguma situação ou conhece alguém que prefere pagar um pouco mais em uma loja que vende o mesmo produto ou serviço porque foi melhor atendido.”, afirma.

Isso é ainda mais relevante para negócios online, pois ao se deparar com um mundo de opções de lojas que vendem os mesmos produtos. Vão ser os pequenos detalhes, como um atendimento bem feito, que podem fazer o cliente escolher a sua loja na hora de fechar uma compra.

“É importante ressaltar aqui que um atendimento de qualidade, um atendimento que preza pela experiência do cliente não é o necessariamente só o que atende mais rápido, mas que preza por um relacionamento de qualidade e que ofereça soluções que atendam o perfil do seu cliente”, comenta Renata.

“Vamos supor que eu tenha um e-commerce e que eu tive um problema nas entregas, e o prazo de entrega que eu havia passado para os meus clientes que antes era de dois dias, agora será de cinco dias. Eu tenho duas opções aqui: eu posso não avisar e esperar que os clientes entrem em contato comigo ou eu proativamente entro em contato e explico o acontecido já deixando claro o novo prazo e me colocando à disposição para suporte nesse processo”

Na segunda opção, que é a mais indicada, você determina um mindset importante para a sua equipe: o de adiantar possíveis problemas de relacionamento com o cliente. Ao esperar o consumidor entrar em contato para reclamar de um prazo de entrega vencido, você provavelmente vai precisar lidar com um feedback negativo, além de prejudicar a sua marca.

Confira o episódio #53 do Código Azul na íntegra:

Principais canais de atendimento ao cliente

imagem em zoom de mãos masculinas explicando os principais canais de atendimento ao cliente

Pode até parecer um pouco óbvio, mas os canais de atendimento são primordiais para os clientes e possíveis consumidores possam de fato entrar em contato com a sua empresa caso tenham alguma dúvida ou até mesmo problema para resolver.

Negócios que não contam com canais de atendimento ao cliente bem definidos e bem divulgados, enfrentam desafios na hora de se comunicar, fidelizar e colocar estratégias de retenção em prática.

Na hora de definir os canais de atendimento para o seu negócio, é necessário considerar o perfil do seu público-alvo. No entanto, existem 5 canais que são essenciais para qualquer estratégia de relacionamento com o cliente. Conheça:

Telefone

Apesar de tradicional, o telefone ainda é um canal de atendimento indispensável para as empresas. Mesmo que existam meios mais modernos, que acompanhem a evolução tecnológica, dados da New Voice apontam que 68% dos atendimentos ainda é realizado via telefone.

E-mail

A mesma pesquisa indicou que 40% dos consumidores ainda buscam as empresas via e-mail, então este canal de comunicação também continua relevante para os negócios e merece atenção no processo de atendimento ao cliente, além de ser uma opção mais econômica para a empresa do que o telefone. 

Chat

O chat, assim como e-mail, também é um canal de atendimento que tem um baixo custo para os negócios. Outra grande vantagem é sua disponibilidade de atendimento e agilidade nas respostas. 

Além de ser um meio de comunicação rápido, ele ainda conta com a possibilidade de automação, por meio dos chatbots, um tipo de inteligência artificial que pode fazer um pré-atendimento ou enviar mensagens automáticas em períodos em que o negócio está fechado, para garantir que o cliente nunca fique sem resposta.

Redes sociais

A presença das marcas nas redes sociais é importante não apenas para veicular sobre os produtos ou serviços e novidades sobre a empresa, como também para ser um canal de comunicação aberto com os clientes e prospects.

É fundamental que o atendimento realizado por estes meios de comunicação seja o mais humanizado e ágil possível, pois é uma das formas mais próximas de se comunicar com os clientes.

Aplicativos de mensagem

Cada vez mais as empresas têm utilizado apps como o WhatsApp, por exemplo, para se comunicar com os seus clientes de forma mais próxima e rápida. A grande vantagem, além da velocidade e disponibilidade, é que o cliente sente que está recebendo um tratamento exclusivo. 

Leia também: Como usar o Whatsapp Business na sua empresa?

Como elaborar um processo de atendimento ao cliente

imagem de equipe realizando atendimento ao cliente

É seguro afirmar que o cliente é uma das partes mais importantes de qualquer empresa, e se todos os processos do negócio estiverem alinhados, o produto bem desenvolvido, a estratégia de preço bem pensada, assim como as ações de marketing, além de contar com uma boa experiência de pagamentos, mas a etapa de atendimento falhar, a experiência de compra inteira pode ser arruinada. 

Justamente por isso, apenas entender o conceito dos diferentes tipos de atendimento, seus principais canais e sua importância não basta para alcançar o sucesso do cliente – é preciso saber como fazer esse processo todo acontecer na prática. Confira as dicas que separamos para você:

Identifique as necessidades do cliente

Um dos principais objetivos de um negócio, além de vender bem, é satisfazer as necessidades de seus clientes – uma meta que está diretamente ligada com a outra. 

Para que isso seja possível, é necessário pensar a sua estratégia com foco em entender as dores do seu público-alvo e de que forma solucioná-las. 

Ao conhecer bem esse perfil, identificar as reais necessidades dos seus clientes se torna mais fácil, possibilitando utilizar os canais de comunicação como parte da sua estratégia de relacionamento.

Defina a linguagem de comunicação

Já mencionamos anteriormente aqui a importância de definir um tom de voz para a sua marca. Mas como isso funciona no atendimento ao cliente e qual é seu impacto?

É fundamental que o cliente sinta que a empresa toda fala a mesma língua, o que quer dizer que se ele entrar em contato por telefone, vai ter certeza de que está falando com a empresa X, se receber um e-mail marketing, logo de cara já vai saber que foi o seu negócio que enviou. O mesmo vale para qualquer outro canal de comunicação da sua empresa. 

Isso deve ser definido junto com o time de Marketing, e todos os materiais, comunicações e atendimentos devem seguir uma mesma linha visual e linguagem.

Estipule o tempo médio de resposta e demais métricas

Quem vende já sabe: o perfil do consumidor quer agilidade em todas as etapas da jornada de compra – e na hora de receber atendimento, esse fator não fica de fora. 

Para amenizar atritos e deixar o cliente menos ansioso, é interessante deixar claro em quanto tempo determinada demanda será resolvida. Vamos supor que um consumidor que já realizou uma compra está com dúvidas em relação à troca de um produto que estava em promoção. É importante deixar claro quanto tempo a troca vai levar e quais são as condições para este processo. Quanto mais clara e objetiva a comunicação do atendimento, especialmente relacionado a prazos, mais assertivo vai ser o seu relacionamento com o cliente.

Elabore processos de pós-vendas

Uma máxima de vendas que deve ser levada como fio condutor do seu negócio é que uma venda não acaba quando o cliente efetua o pagamento pelo produto ou serviço. 

A estratégia de pós-vendas é muito importante para garantir a fidelização e a retenção de clientes, pois elas garantem um contato com o consumidor depois que a compra já foi realizada, abrindo espaço para um relacionamento mais estreito. Um pouco mais adiante, explicamos como criar este tipo de estratégia.

Treine sua equipe

Para garantir que todo mundo do time esteja alinhado com a estratégia de relacionamento com o cliente do seu negócio, é fundamental investir em treinamentos técnicos.

Outro ponto importante é preparar a sua equipe para lidar com situações em que o jogo de cintura é a melhor solução. É comum clientes entrarem em contato com uma marca em momentos de estresse ou irritação por alguma insatisfação na jornada de compra. Por isso, é importante que a pessoa que está responsável pelo atendimento esteja apta a lidar com esse tipo de situação da melhor forma possível – sem nunca deixar de lado o tom de voz da sua empresa. 

Estratégias de atendimento ao cliente com qualidade

imagem mostra moça fazendo atendimento ao cliente pelo telefone e também pelo notebook

Agora que você já sabe como elaborar um bom atendimento ao cliente, separamos alguns itens que não podem ficar de fora na hora de pensar a sua estratégia de relacionamento:

Demonstre que o cliente é importante 

Não é novidade para ninguém no universo dos negócios afirmar que sem clientes uma empresa vai à falência, mas o seu cliente precisa sentir a importância que ele tem em cada atendimento. Para isso, é essencial ir além da boa simpatia e ter como rotina alguns hábitos:

  • Falar corretamente o nome do cliente – se precisar, pergunte educadamente se a pronúncia está correta;
  • Saber entender o momento que o cliente está passando para adequar o atendimento. Se é uma dúvida, ser muito solícito. No entanto, se for um caso de reclamação, é importante sempre se manter solícito, mas ser empático, ou seja, se o cliente está irritado, não vai ser muito coerente o atendente estar em um tom muito alto astral;
  • Se for um cliente da casa, enquanto faz o atendimento, puxe seus dados no sistema para não apenas agilizar o atendimento, mas também para mostrar que você o conhece;
  • Nunca deixe o cliente sem saber o que fazer na próxima etapa, sempre deixe muito claro quais são os próximos passos e como ele pode entrar em contato novamente se precisar.

Resolva o problema na primeira demanda

Lembra do perfil ansioso do consumidor que mencionamos anteriormente? Se o seu atendimento levar muitas etapas, isso vai prejudicar o seu relacionamento com este cliente, que poderá ficar impaciente ou até mesmo insatisfeito com um processo lento e com muitos rodeios. 

Para que esse não seja o cenário na sua empresa, é importante colocar todos os passos do processo de atendimento que listamos neste artigo aqui quando falamos sobre como elaborar um bom atendimento ao cliente e sempre analisar se não é preciso fazer ajustes na rotina de atendimentos.

Transmita confiança ao seu cliente

O processo de uma compra é muito diferente do ponto de vista do consumidor do que ele é para o atendente de uma empresa. Por mais que consumir um produto ou serviço seja, na maioria das vezes, algo que o cliente quer ou precisa, ele pode não conhecer a sua empresa assim tão bem.

Isso é ainda mais relevante quando existe algum tipo de problema ou imprevisto na jornada de compra, como é o caso de trocas e devoluções ou atrasos na entrega. Quem está efetuando o atendimento tem a certeza de que qualquer que seja o problema, vai ser resolvido – afinal, sua empresa está preparada para isso. Mas o cliente não tem essa segurança toda e é em momentos como este que ele precisa sentir confiança no seu negócio. 

O mesmo vale para pontos de comunicação em etapas de uma compra online, por exemplo. É importante deixar o cliente sempre informado sobre o status da sua compra, e esse tipo de comunicação pode ser enviado por e-mail, WhatsApp ou até mesmo estar descrito no perfil do consumidor no seu site. O que ele vai precisar saber:

  • Confirmação de pedido;
  • Confirmação de pagamento;
  • Envio de NF;
  • Produto enviado – link para rastrear a entrega com empresas parceiras de logística como a Loggi, por exemplo.

Cumpra o que prometeu

O cliente tem uma expectativa ao entrar em contato com a sua empresa. Seja ela de ter uma dúvida respondida, de obter suporte técnico ou até mesmo de efetuar a compra em si. O que quer seja que o cliente esteja esperando e que você se comprometeu a cumprir, é imprescindível cumprir.

Caso aconteçam imprevistos (e eles acontecem) você não pode deixar de comunicar o seu cliente sobre o ocorrido e quando a situação vai se resolver. Lembre-se: tudo precisa ser muito bem comunicado e de forma clara e objetiva.

Surpreenda seu cliente

Quando um atendimento é feito de forma inadequada ou apenas não corresponde às expectativas do consumidor, muito provavelmente ele não vai voltar a fazer compras na sua loja. E essa jornada de compra vai ser encerrada justamente em um dos seus pontos mais sensíveis.

Por outro lado, um atendimento excepcional faz toda a diferença e pode encantar o cliente, tornando-o um consumidor fiel da sua loja. Para garantir essa etapa, é importante considerar alguns pontos-chave no seu processo de atendimento:

  • Não se contente em apenas atender a demanda que o cliente pediu;
  • Seja gentil e tenha empatia, ainda mais em casos delicados;
  • Sempre ofereça mais benefícios e produtos que possam agregar à venda;
  • Facilite a vida do cliente na hora do atendimento – quem sabe do negócio é a sua equipe, então seja muito didático ao explicar os produtos e serviços da sua empresa, bem como as condições de pagamento e logística. 

Colete feedbacks

Depois de colocar toda a estratégia de relacionamento em prática, é importante coletar feedbacks dos seus clientes tanto sobre o atendimento que eles receberam quanto da sua empresa e produtos que eles adquiriram.

Isso pode ser feito por meio de um e-mail automático ou até meios de comunicação mais diretos como mensagens por WhatsApp. O importante é saber o que os seus clientes estão achando do seu atendimento.

Principais erros no atendimento ao cliente

foto em ângulo fechado de pessoa anotando dicas sobre atendimento ao cliente

Além de estar muito atento à estratégia de relacionamento do seu negócio e também a boas práticas de atendimento, é necessário saber quais erros não podem ser cometidos, tais como:

Não ouvir o cliente com atenção

Prestar atenção no que o cliente está pedindo ou perguntando é essencial no atendimento, especialmente se for via telefone – meios como chat, redes sociais e-mail possibilitam consultas, mas por telefone, tudo vai acontecer ao vivo, por assim dizer.

Para evitar erros de atenção e até mesmo confusão entre os diversos atendimentos que acontecem em uma empresa, é importante anotar pontos-chaves de cada atendimento para uma rápida consulta e, depois de finalizar, é prudente documentar esses pontos para ter um registro pronto para quando o cliente voltar a consumir na sua loja.

Não aceitar feedback negativo

Ao coletar feedbacks sobre o atendimento que foi realizado, existe uma possibilidade de nem todos serem positivos e isso é uma situação que precisa ser vista como uma oportunidade de melhoria. Analise os dados coletados e entenda o ponto de vista do cliente. 

Depois de coletar diversos feedbacks e colocá-los em uma planilha, vai ficar mais fácil de levar entender o que precisa ser ajustado no seu processo.

Não personalizar o atendimento

É preciso considerar que, por mais que uma empresa tenha um público-alvo, cada atendimento vai ser único – com exceção de chatbots – o que significa que é necessário entender as necessidades de cada cliente. Mesmo que exista um padrão de atendimento, vai ser importante tornar cada atendimento o mais personalizado possível.

Para fazer isso não tem muito segredo, basta seguir todos os passos da estratégia até aqui, principalmente o de prestar muita atenção no que o cliente está falando.

Não medir resultados

Todo esse esforço precisa ser metrificado e acompanhado de perto para garantir resultados mais assertivos. Para isso você pode contar com a boa velha planilha.

Estratégias de fidelização e retenção do cliente

imagem de moça sorrindo enquanto faz atendimento ao cliente

Realizar uma venda é o objetivo de todo negócio, mas fidelizar e reter clientes são estratégias realmente muito valiosas para qualquer empresa. Segundo o famoso autor da área de marketing, Philip Kotler, manter um cliente é de 5 a 7 vezes mais vantajoso do que conquistar um novo.

Para que isso se torne uma realidade para o seu negócio, é necessário realizar uma série de ações que vão desde o atendimento ao cliente, sua jornada de compra e entrega do produto, até estratégias de marketing digital, como e-mails marketing, por exemplo. 

Outro fator essencial nesse processo é a estratégia de pós-venda. Depois de fechar a venda, a relação com o seu cliente não acaba e é exatamente nesse momento que é importante trabalhar as estratégias para fidelizá-lo.

Para isso, você pode implementar programas de fidelidade, disponibilizar descontos exclusivos, entre outras diversas ações que o aproximam da sua marca e aumentam o nível de satisfação do cliente. 

O consumidor não está mais apenas em busca dos melhores preços, produtos ou serviços. As compras são muito pautadas na experiência, e o atendimento faz toda a diferença nesse quesito. Aposte em estratégias para melhorar ainda mais a qualidade de atendimento ao cliente no seu negócio e tornar sua empresa mais competitiva.

Quer aumentar as vendas do seu negócio?

Preencha o formulário abaixo e a nossa equipe entrará em contato!

Tipo de negócio
até 5/mês
até R$ 5 mil

Quer continuar essa conversa? Fale com a gente pelas nossas redes sociais @tamojuno 🤟