Meu negócio

Como colocar suas finanças no azul utilizando boleto bancário?

O início do ano é um ótimo período para quem deseja se organizar. Quais dessas dicas você já incorporou para o ano?

Por Time Juno
como colocar suas finanças no azul utilizando boleto bancário
Tempo de leitura: 3 minutos

Pensar em boleto bancário já no começo do ano!? Sim! O início do ano é um ótimo período para quem deseja se organizar e mudar velhos hábitos. Seja para aprender um novo idioma, começar uma nova atividade ou organizar a vida financeira, esse clima de recomeços é pra lá de inspirador. 
Sabendo disso, aqui vai uma dica: chegou a hora de finalmente tirar a sua conta do vermelho! Uma maneira de atingir esse objetivo é tendo uma postura mais organizada e também utilizando recursos como o boleto bancário. Olha só alguma dicas de como atingir esse objetivo:

Separe as suas contas

Antes de a gente começar com as dicas, aqui vai um ponto muito importante. Aproveite o início do ano para separar as suas finanças pessoais das da empresa. Você só vai conseguir sair do vermelho se ver claramente como anda a sua conta! Para isso, é importante saber o que é gasto do empreendimento e o que não é, ok?
O ideal é que você separe tudo que tiver de boleto bancário, contas atrasadas e contas pessoais e colocar numa planilha, viu?

Planejamento é tudo

Saber quando o dinheiro vai entrar na sua conta é fundamental para deixá-la no azul. Dessa maneira, você consegue se organizar para sempre pagar as suas faturas dentro da data, evitando possíveis juros. Ao utilizar boleto bancário para fazer cobranças, você consegue ter uma visão geral de quando o dinheiro entrará na sua conta. 

Parcele o recebimento do seu dinheiro com boleto bancário

Se você está fazendo um projeto que garante uma boa entrada de dinheiro a dica é dividir o recebimento. Ao receber todo o valor de uma vez, a chance de gastar é maior, caso você não tenha muito autocontrole. Ao dividir esse pagamento, você garante que por um determinado período de tempo vai ter dinheiro entrando na sua conta.
Por exemplo: se o seu projeto vale 15 mil reais, divida esse valor em três parcelas de cinco mil. Para controlar a entrada e saída de dinheiro (que pode ficar confusa caso você tenha muitos clientes seguindo esse esquema), a dica é sempre usar boletos para cobranças parceladas!

Negocie pagamentos atrasados dos clientes

Ninguém gosta de ficar devendo. Porém, às vezes a situação aperta e um pagamento ou outro precisa ser deixado de lado. Se algum cliente te deixou na mão durante o ano passado, essa é a hora de negociar esses pagamentos. A maneira ideal de se fazer isso é por meio de uma conversa, na qual os dois lados chegam num acordo de quando é a melhor data para esse recebimento, bem como em quantas parcelas essa dívida pode ser quitada.
Para garantir que ele cumpra com o combinado, use o boleto bancário, que permite o acréscimo de juros caso a data de pagamento não seja seguida.

Defina um dia fixo para receber pagamentos

Utilize o boleto bancário ou cobre no cartão de crédito para garantir que o cliente sempre vá pagar a conta no dia que você deseja. Ao permitir que o cliente realize transferência bancária, você acaba deixando nas mãos dele o controle de quando vai receber. Por esquecimento, pode ser que a sua fatura não seja paga! Isso, para quem está com a conta no vermelho, pode significar ter que lidar com juros. Afinal de contas, você está esperando o pagamento para quitar dívidas e deixar sua conta equilibrada. Uma estratégia para que ele sempre pague a conta em dia é mandar avisos quando a data da fatura está se aproximando. Outra dica é colocar uma pequena multa, acompanhada de juros, para o caso de o consumidor atrasar o pagamento.

Além dessas dicas, vale lembrar de uma coisa bem óbvia, mas que sempre é esquecida: para manter a sua conta no azul, você precisa gastar menos do que recebe! Portanto, aproveite o ano para ter um maior equilíbrio financeiro, seja com a sua conta pessoal ou com a da empresa.
Boa sorte nessa missão e conte com a gente para o que precisar! 🥰

Ahhhh, mas e como eu faço emissões de cobranças? Fácil! Usando a plataforma da Juno! Pode se cadastrar sendo pessoa física ou jurídica, pagando taxas bem menores que as dos bancos, vem conhecer!