Materiais gratuitos

17 dicas de como vender mais e melhor

Vamos compartilhar com você 17 dicas para vendedores (profissionais ou não) que querem vender mais e melhor, conquistando clientes e admiradores.

Tempo de leitura: 6 minutos

O que todo vendedor precisa saber para vender mais e melhor? Primeiro, que vender não é um talento de nascimento, é algo que pode ser aprendido e melhorado com dedicação. Pois até mesmo aqueles que parecem ter um dom natural para vendas, na verdade, só foram expostos mais cedo e mais vezes à situações que os fizeram treinar essas habilidades.

Para te ajudar nesse aprendizado, separamos 17 dicas: algumas foram retiradas do livro do autor Jeffrey Gitomer, “O livro vermelho de vendas”, e outras foram inspiradas pelas experiências que temos do dia a dia aqui da Juno. Confira!

#1 Conheça seu cliente

Temos pessoas na empresa que estão sempre dedicadas a conhecer melhor nossos clientes e essa tarefa nunca para, porque quanto mais conhecemos nossos clientes, mais fácil fica a tarefa se saber o que e como vender para eles.

Procure saber onde eles estão, quem são, o que lêem, consomem, a quem eles escutam e onde procuram por informação.

#2 Por que as pessoas compram?

Uma pergunta muito mais importante que “como faço para vender” – é questionando as pessoas sobre isso que você consegue perceber razões por trás das vendas, entender objeções e identificar oportunidades.

Faça entrevistas exploratórias com os seus potenciais clientes ou clientes da concorrência para conseguir informações valiosas para o seu negócio.

#3 Tenha uma estratégia para vender mais

Não que você precise ter um roteiro a seguir, pois isso acaba deixando a sua venda “quadrada” e não mostra para o cliente que você está dando atenção especial ao que ele precisa. Mas, pensar estrategicamente te ajuda a saber quais são os seus objetivos e como traçar caminhos para alcançá-lo.

As métricas são muito importantes para formular essa estratégia, pois os números podem mostrar histórias que você acaba não vendo na correria do dia a dia. 

Para te ajudar nesse acompanhamento tenha um registro de todos os seus clientes, reuniões e ligações que foram feitas, quantos contratos foram fechados, etc.

Se a sua equipe de vendas já tem um tamanho grande e é difícil controlar todas essas métricas em planilhas simples, vale considerar algum software que possa te ajudar, como o Hubspot Sales, Salesforce ou Agendor

#4 Supere suas barreiras e da sua equipe

Para ser um bom vendedor é preciso vencer algumas barreiras psicológicas que é normal que as pessoas tenham, como o medo da rejeição e do fracasso.

Por isso, busque sempre seu melhor e seja seu maior motivador (além de motivar a sua equipe), pessoas que são emocionalmente fortes conseguem entender melhor os outros, mostrando empatia com os clientes e também ajudando colegas de time. 

#5 Construa uma marca pessoal

Na hora de vender, é provável que você esteja vendendo o produto ou serviço de uma marca, mas não esqueça que você como vendedor, também precisa deixar sua marca. Algo que o diferencie dos demais vendedores, que vá fazer seu cliente lembrar de você.

Até seu estilo de roupa e personalidade fazem parte dessa marca pessoal. Pense em quais são suas forças e fraquezas e como utilizá-las para deixar uma ótima impressão na hora da venda.

#6 Explore sua rede de contatos

Faça amigos antes de fazer uma venda. Se sua intenção com as pessoas for somente fazer negócios, é provável que essa dica não vá funcionar muito bem, porque as pessoas percebem uma amizade que não é genuína e você ainda vai sair com fama de interesseiro. Mas, aumentar a rede de contatos abre mais portas.

Inclusive, muitas pessoas escolhem fazer uma compra não por causa da empresa ou do produto, mas pela relação de amizade com a pessoa que vende. Por isso não é incomum de acontecer de vendedores mudarem de uma empresa e levarem uma carteira de clientes junto.

#7 Saiba quem toma a decisão

Pode ser que você não tenha conseguido chegar na venda porque sua proposta nem chegou em quem realmente pode tomar a decisão. 

As pessoas que têm acesso a quem toma as decisões, também conhecidos como “gatekeepers” podem te ajudar nessa tarefa. Se essa pessoa já não gostar de você, é provável que não vá se dar o trabalho de passar sua proposta adiante.

Você tem duas soluções para isso: pode fazer amizade com ela ou então contornar e tentar chegar direto no decisor.

#8 Use o humor

Além de ser uma linguagem universal, o humor é uma maneira de baixar as barreiras das pessoas, criar conexão e deixar o ambiente menos hostil. Na medida certa, o humor ajuda a quebrar o gelo e criar conexão entre as pessoas. 

#9 Saiba reduzir os riscos do seu cliente

Aqui é que você deve prestar atenção às objeções que seus clientes levantam, os medos que eles têm em decidir pelo o que você está vendendo e, a partir disso, propor soluções que podem reduzir o risco deles – pode ser uma garantia, um teste gratuito ou suporte técnico.

#10 Conte com o depoimento de outros clientes

Você falar sobre você mesmo nem sempre tem muita relevância e ainda pode ficar forçado, mas se outra pessoa fala sobre você, a informação tem mais relevância e verdade.

#11 Esteja sempre ligado nas novidades

Estar sempre atualizado da sua área e do que acontece no mercado não só te ajuda a ser um profissional melhor como facilita a conversa com seus clientes.

Se eles sabem de algo novo, você demonstra que também está atento aos acontecimentos, se eles não souberem, você desperta a curiosidade deles sobre o seu conhecimento. 

#12 Saiba delegar ou terceirizar

Existe um ditado que diz: “se você quiser ir rápido, vá sozinho, mas se você quiser ir longe, vá acompanhado”. Se você quer que sua empresa cresça, aprenda a delegar tarefas para sua equipe, explorando as qualidades e talentos de cada um e observe quais tarefas do seu dia a dia são repetitivas e podem ser automatizadas.

Tarefas rotineiras como emissão de cobrança, nota fiscal ou gestão de clientes podem ser automatizadas com ajuda de sistemas de gestão ou plataformas online, como a Juno.

#13 Seja rápido ao retornar

Em um mundo rápido e conectado, as pessoas têm pouco tempo para tomar decisões, por isso é bom conseguir retornar para o seu cliente antes do seu concorrente. 

Claro que dependendo da quantidade de leads que você possui na mão, pode ser impossível retornar para todos em poucas horas.

Com a ajuda de um software de gestão de vendas você consegue também identificar quais são os clientes com mais potencial para a sua empresa e priorizar alguns contatos.

#14 Cuidado com as promessas

Se tem um sentimento difícil de contornar é a frustração, por isso, por mais que você queira muito fechar uma venda, não faça promessas que você sabe que não serão cumpridas.  

#15 Entenda a dor do cliente antes de oferecer a sua solução 

Muitos vendedores se deixam tomar pela ansiedade de querer logo apresentar seu produto ou serviço para o cliente sem antes parar para escutar.

Primeiro você precisa entender o que o cliente está precisando para então apresentar seus argumentos personalizados para a dor dele.

Por isso, aqui na Juno, nós não gostamos de apresentar pacotes fechados para clientes que usam a nossa integração de pagamentos, já que isso pode ser personalizado de acordo com a necessidade, gerando um diferencial que atende mais às necessidades específicas de cada cliente.

#16 Escolha um bom produto para vender

Qualquer venda fica muuuito mais fácil quando o produto é bom. Aqueles produtos que “se vendem sozinhos” geram mais interesse da parte dos clientes, conseguem avaliações melhores e criam “embaixadores” da marca.

como-vender-mais

Se você trabalha para uma empresa ou seu próprio negócio, use o feedback dos clientes para estar sempre melhorando seu produto. Se você trabalha como vendedor autônomo, escolha as melhores marcas para trabalhar, pois mesmo que você não seja responsável pela qualidade final do produto, qualquer problema ou decepção que a pessoa tenha durante o uso, ela vai associar à sua venda.

Leia também: Quais são os produtos mais vendidos em lojas virtuais

Aqui na Juno nosso comercial tem a confiança de que está oferecendo um produto de qualidade para os nossos clientes, além de um atendimento e suporte humanizado.

#17 Saiba quais clientes precisam de uma atenção especial 

Na Juno temos a área de gerentes de conta, que é a área que cuida de clientes maiores que usam a nossa solução pela integração de API ou plugins. São clientes que exigem um suporte técnico mais especializado. Por isso, faça essa identificação entre seus clientes, qual deles sustentam a sua operação e precisam daquele atendimento especial.

Dica extra: Conte com a Juno para vender mais oferecendo mais meios de pagamento aos seus clientes

Ali no texto já falamos como a nossa área comercial está sempre trabalhando para conquistar novos clientes. Mas como a Juno pode ajudar você a vender mais? 

Nós somos uma plataforma onde você pode emitir cobranças por boleto bancário e cartão de crédito, gerenciar seus clientes e conferir pagamentos, além de usar seu saldo online para pagar contas dentro da própria plataforma.

Mas ok, como isso te ajuda nas suas vendas? Além de agilizar o seu dia a dia, evitando a burocracia com os bancos e oferecendo mais meios de pagamento para os seus clientes, facilita na hora de fechar a venda: é no bolso que muitos clientes desistem de uma compra. Ter mais opções de negociação para pagar ajuda que ele tome essa decisão.

Conheça mais sobre as soluções da Juno!