E-commerce

Como vender em um marketplace?

Os marketplaces são uma das maiores tendências do comércio eletrônico nos últimos anos. Esse tipo de plataforma acompanha a alta demanda dos consumidores e eleva o nível de competitividade entre as muitas lojas virtuais. Saiba como vender mais neste meio!

Marketplace imagem descritiva
Tempo de leitura: 6 minutos

Vender online tem sido a grande tendência dos negócios nos últimos anos. O mercado do comércio eletrônico tem se mostrado cada vez mais promissor e em franca expansão e os chamados marketplaces são responsáveis por movimentar esse setor do economia. 

Ao funcionar como verdadeiros shoppings virtuais, essas plataformas de vendas são um prato cheio para o consumidor online, que tem um perfil cada vez mais ativo e exigente. 

No entanto, do lado de quem vende, a história é um pouco diferente. Converter vendas em marketplaces é um verdadeiro desafio, pois com tantas lojas virtuais ativas e produtos muito semelhantes, o nível de concorrência é acirrado.

Para se manter competitivo neste meio e garantir um bom faturamento, o lojista precisa ser estratégico. Confira nossas dicas!

O que são marketplaces?

É habitual confundir o conceito de marketplace com e-commerce, e ainda que no final do dia as duas coisas estejam diretamente relacionadas, seus significados são distintos. 

Diferente das tradicionais lojas virtuais, o modelo de negócio do marketplace é baseado em um sistema de plataforma, no qual diferentes lojas e lojistas podem vender produtos, da mesma forma como funciona um shopping só que em um ambiente virtual. 

O primeiro passo para que o lojista comece a vender em um marketplace é fazer um cadastro e também registrar suas mercadorias na plataforma, além de pagar uma taxa. Uma das grandes vantagens de vender por meio de um marketplace é contar uma boa estrutura e divulgação por meio da própria ferramenta.

Vantagens de vender por um marketplace

Vender por meio de um marketplace é vantajoso tanto para lojistas quanto para clientes. Entenda os benefícios do marketplace para cada um:

Lojistas

O grande diferencial dos marketplaces para a figura do lojista é o aumento da visibilidade para a sua loja virtual. Dessa forma, empresas de pequeno porte ou que ainda estão no começo de sua trajetória, ganham confiança e credibilidade. 

O marketplace assume a responsabilidade pela gestão de pagamentos das lojas e isso possibilita a análise de risco antifraude, além da cobertura das taxas cobradas normalmente cobradas pelas operadoras de cartão de crédito. Esses processos administrativos significam uma considerável redução de custos para os lojistas.

Outro grande benefício dos marketplaces é que esse tipo de plataforma investe em marketing e em importantes estratégias de SEO (Search Engine Optimization), que trazem autoridade e ainda mais visibilidade para as lojas, aumentando sua capacidade de vendas.

Consumidores

Os marketplaces significam uma grande facilidade na vida de consome produtos online, pois eles têm a capacidade de concentrar diversos tipos de mercadorias em um lugar só.

Uma das maiores vantagens que essas plataformas oferecem para os consumidores é a possibilidade de comparar preços e comprar produtos de categorias distintas sem precisar acessar diversos sites ao mesmo tempo. 

Marketplace imagem descritiva

Estratégias para vender em um marketplace

Fazer uma boa seleção de produtos

Diferente de um shopping tradicional, o nível de competitividade em um marketplace é muito elevado. Isso quer dizer que existem muitos produtos iguais, inclusive da mesma marca, sendo comercializados em uma mesma plataforma de marketplace. 

Essa realidade faz com que o lojista que não trabalha com apenas com produtos exclusivos, precise repensar na sua estratégia na hora de selecionar o mix de produtos de sua loja virtual.

Como esse é o cenário da grande maioria das lojas virtuais, a competição vai muito além da precificação, ainda que este fator seja relevante, mas o valor agregado vai fazer muita diferença para o negócio. Em outras palavras, é dessa forma que a marca vai conseguir se diferenciar da concorrência por meio de seus atributos.

Alguns aspectos que devem ser considerados para garantir a conversão de vendas da sua loja virtual em marketplaces:

  • Escolher um nicho de atuação;
  • Definir quais produtos precisam de mais destaque na loja virtual; 
  • Anunciar produtos campeões de vendas.

Vale lembrar que o foco nos destaques não precisa ser somente em mercadorias que vendem muito. Existem as chamadas “queimas de estoque”, uma estratégia habitual do varejo pensada justamente para que produtos não fiquem parados no estoque. Esse tipo de item pode ganhar destaque em anúncios, principalmente em vendas casadas ou promoções.

Invista em anúncios

Depois de fazer a seleção de produtos que vão ganhar uma posição de destaque dentro da loja virtual, é importante pensar nos anúncios para garantir que essa estratégia seja alcançada de forma assertiva. 

Um bom primeiro passo é entender como os concorrentes da sua empresa anunciam, além de pesquisar as principais perguntas que o público-alvo do seu negócio tem em relação aos produtos oferecidos. Essas perguntas vão servir como um verdadeiro guia para a criação dos seus anúncios, que devem conter os seguintes elementos:

Título

O título do anúncio deve ter o nome, a marca, o modelo e a especificação técnica do produto.

Categorização

É fundamental inserir seu produto na categoria correta, pois na hora de realizar uma compra, muitos consumidores utilizam a busca por categoria. 

Fichas técnicas

O preenchimento correto de todas as informações da ficha técnica de cada produto ajuda a trazer relevância para o anúncio. Uma dica importante é vincular o código de barras ou código EAN ao anúncio do produto para que ele apareça mais nas buscas orgânicas do Google e de outros buscadores.

Essas fichas são importantes, pois o consumidor vai querer saber exatamente o que está comprando, então quanto mais completa ficha estiver, melhor a chance de conversão da venda.

Variações

Muitos produtos possuem variações de cores, tamanho, voltagem, etc. Por isso, é necessário preencher corretamente este campo para que o cliente possa comprar exatamente o item que deseja.  Para facilitar essa visualização, é fundamental incluir uma foto de cada variação, principalmente de cor.  

Foto

A foto do produto no anúncio precisa ser de qualidade, com boa iluminação e nitidez para representar da melhor forma possível o item. O tamanho ideal da foto deve ser de 1200 x 900 pixels. O importante é mostrar o produto como ele é e apenas um modelo por foto. Certifique-se de que nenhuma parte do produto foi cortada e utilize bem o espaço da foto.

Vídeo

Um vídeo pode ser um recurso muito valioso na conversão de vendas de um produto. A ideia é focar na mercadoria em si e em seus detalhes principais, com takes claros e objetivos. Mostre o uso e as funcionalidades do produto. O vídeo deve ter no máximo 60 segundos.

Depois de veicular seus anúncios é importante acompanhar seu desempenho e perceber de que forma eles estão impactando nas vendas do seu negócio. Se for for necessário, faça ajustes nos anúncios e os aprimore para atingir o seu público-alvo.

Faça uma boa gestão de estoque

O bom gerenciamento de estoque é essencial para o e-commerce. Em uma primeira análise, sua principal função é garantir que o cliente tenha acesso aos produtos e itens que solicitou e isso aumenta a conversão de vendas. Mas um estoque bem administrado é mais do que somente garantir que uma venda seja realizada. 

A boa gestão de um estoque pode evitar despesas com compras desnecessárias ou vendas perdidas por falta de estoque. Consequentemente, isso implica em uma boa redução de custos para o seu e-commerce.

Aposte no bom atendimento

Ao contrário do comércio convencional, lojas virtuais estão sempre abertas ao público e os consumidores esperam que o atendimento também seja 24h por dia. 

É importante delimitar o horário de atendimento humano do negócio por meio de automações e chatbots. 

E durante o horário comercial, sempre prezar pelo bom atendimento em todas as frentes da empresa para garantir que a jornada de compra seja a melhor possível. Um bom atendimento é um dos fatores determinantes em estratégia de retenção e fidelização de clientes em negócios online.

No pós-venda, faça o melhor possível para garantir a satisfação do seu cliente. Ter uma comunicação amigável e resolutiva pode te proporcionar uma boa avaliação mesmo que o produto tenha que ser trocado ou devolvido.

Crie uma boa estratégia de precificação

Por conta do alto nível de competitividade, a precificação é um dos maiores desafios no marketplace, mas também pode ser um dos fatores determinantes para na hora de fechar uma venda. 

Oferecer frete grátis, por exemplo, pode ajudar impulsionar o anúncio de um produto, criando um critério de diferenciação entre as demais lojas concorrentes. No entanto, para adotar esse tipo de estratégia, é preciso avaliar se os os custos envolvidos não vão acabar acabar prejudicando a lucratividade do negócio como um todo.

Alguns marketplaces dividem o custo do frete grátis com o vendedor para produtos acima de um valor específico. Verifique as condições da plataforma que está vendendo para definir sua estratégia de frete e de preços.

Leia também: Como integrar o seu marketplace com a Juno?

Quer continuar essa conversa? Fale com a gente pelas nossas redes sociais @tamojuno 🤟