Funcionalidades

Como usar o App Juno para vender na sua loja física?

Com um perfil de consumo cada vez mais tecnológico, os smartphones têm se tornado fundamentais mesmo em vendas físicas e os apps representam um papel fundamental nesse processo. Saiba mais!

App imagem descritiva
Tempo de leitura: 5 minutos

Os smartphones já fazem parte da rotina da maioria das pessoas ao redor do mundo, e consequentemente isso reflete nos seus hábitos de consumo. O portal de dados estatísticos sobre o mercado, Statista, divulgou uma previsão de que, em 2020, existiriam quase 3 bilhões de usuários de smartphones no mundo inteiro.

Por aqui, segundo um estudo realizado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), já são mais de mais de 220 milhões de smartphones. De acordo com a edição de 2019 do Panorama do Comércio Mobile, 85% dos brasileiros que possuem um dispositivo móvel, utilizam o aparelho para realizar compras. 

Os usuários de smartphone podem contar com os próprios sites das lojas, de um modo geral adaptados para versões mobile, ou até mesmo utilizar apps das empresas para realizar suas compras, opção que tem se mostrado uma verdadeira tendência de mercado. 

Até não muito tempo atrás, os smartphones representavam um papel de apoio às compras realizadas em lojas físicas. O consumidor utilizava o aparelho para pesquisar produtos  e comparar preços, para então se dirigir até uma loja e efetuar a compra. Mas atualmente esse cenário mudou e hoje os telefones têm tido cada vez mais destaque na hora de fechar uma venda, mesmo no comércio físico e não apenas para o consumidor, mas também para o lojista. 

Neste artigo você fica sabendo como os apps podem ser verdadeiros aliados na hora de fechar vendas em lojas físicas e de quebra conhece tudo que o App Juno pode fazer para aumentar a conversão de vendas do seu negócio. Vem com a gente!

App imagem descritiva

Qual o papel dos apps nas vendas físicas?

Os aplicativos surgem como verdadeiros aliados na hora de pensar em vendas, mesmo no cenário do comércio físico e não é de apenas uma maneira única, é possível utilizá-los de diversas formas no seu negócio.

A ideia principal não é pensar nos aplicativos como substitutos de canais de vendas, no que seria um cenário do físico x mobile, e sim pensar nas duas possibilidades caminhando juntas, o que permite ampliar o leque de meios de pagamento oferecido ao clientes, otimizar sua experiência de compra, além de modernizar a loja. Mas como funciona esse fluxo e quais são suas possibilidades na prática? Alguns exemplos:

  • Realizar a compra pelo app e retirar a mercadoria na loja física;
  • Fazer o pagamento pelo aplicativo e fazer a retirada imediata do item na loja ou restaurante: apesar de muito semelhante ao item anterior, essa tem sido uma opção muito utilizada por cafeterias, por exemplo, nas quais existem longas filas. Os usuários que têm o app em seus smartphones fazem o pedido e o pagamento pelo aplicativo e retiram ali mesmo, evitando a espera;
  • A possibilidade de pagamentos contactless por meio de carteiras digitais, como é o caso de QR Codes, agora muito popularizados pelo Pix do Banco Central

Aqui já deu pra sentir o gostinho de como contar com apps nas vendas físicas podem ajudar e muito o seu negócio. O consumidor tem mostrado um perfil cada vez mais tecnológico e exigente, o que facilita muito a vida de quem tem um e-commerce, por exemplo. Mas isso não significa que as lojas físicas não possam acompanhar esse ritmo. 

Umas das grandes travas na hora de fechar vendas no comércio físico está justamente no momento mais crucial, que é a hora de efetuar o pagamento. Filas muito grandes no caixa, máquinas de cartão com tempo de processamento um pouco lento, coisas que são habituais de lojas físicas têm se tornando obstáculos para a conversão de vendas. E é justamente aí que apps de intermediadores de pagamento como a Juno conseguem otimizar e impulsionar as vendas do seu negócio!

Descomplique as vendas da sua loja com o App Juno

No App Juno, você conta com as principais funcionalidades da nossa plataforma na palma da sua mão! Ainda não baixou o nosso aplicativo? A boa notícia é que ele é gratuito, sem mensalidade e está disponível nas versões Android e iOS!

Com uma interface intuitiva, o app possibilita que você pague contas, faça transferências, controle sua carteira de clientes e o principal, emita cobranças ali mesmo, na sua loja física.

Para impulsionar as vendas físicas, o seu App Juno tem uma solução muito prática: quem tem Conta Juno já tem o Pix do Bacen disponível direto no app. Isso possibilita a emissão de cobranças em QR Code, que podem ser criadas na mesma hora para o seu cliente escanear o código e efetuar o pagamento ali mesmo.

Essa é uma ótima possibilidade, pois traz agilidade para o processo da venda física, evita que o cliente espere na fila e agrega muito na experiência de compra. 

Outra grande vantagem é que no novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central, as compensações acontecem em até 10 segundo, 24 horas por dia, todos os dias da semana e do ano. Ou seja, se o cliente fizer uma compra em uma loja do shopping , às 22h de um domingo, o lojista vai receber o pagamento em poucos segundos naquele mesmo dia.

Pix imagem descritiva

Existem dois tipos diferentes de códigos no Pix: 

QR Code Estático

É possível vincular suas informações bancárias nesse tipo de código bidimensional. Nesse sentido, é como se ele fosse um facilitador das suas informações transacionais.

Para começar a entender a diferença entre os dois tipos de códigos existentes no Pix, é possível dizer que o QR Code estático tem um comportamento muito semelhante ao de uma transferência de fato. 

Isso porque ao gerar esse código, vamos pegar as informações da Chave Pix da pessoa ou estabelecimento que irá receber, que nada mais são do que informações transacionais, da mesma forma como acontece em transferências bancárias. 

Tudo isso vai ser traduzido para a imagem de um código QR que poderá ser lido por qualquer smartphone e então o pagamento será efetuado. 

O próprio Banco Central utiliza o exemplo do pipoqueiro para a utilização desse código como forma de recebimento: ele pode imprimir código com suas informações transacionais para três tamanhos diferentes de pacotes de pipoca (pequeno, médio e grande) e então disponibilizar no carrinho para que os clientes efetuem os pagamentos na mesma hora, com compensação em poucos segundos.

QR Code Dinâmico

A grande vantagem desse tipo de código está para o cenário de vendas. Além de você ter a Chave de Endereçamento de quem vai receber aquela transação, você também tem acesso a um link, que possibilita incluir informações como multa, juros, definir se aceitará o pagamento após a data de vencimento, etc. Ou seja, o QR Code dinâmico tem um comportamento muito parecido com o de uma cobrança formal. 

Leia também: Pix: QR Code Estático X QR Code Dinâmico

Revolucione seu negócio com o Pix na sua Conta Juno!

Preencha o formulário abaixo e a nossa equipe entrará em contato!

Quer continuar essa conversa? Fale com a gente pelas nossas redes sociais @tamojuno ?