ERPs

Como tornar o seu ERP mais completo?

Conheça estratégias eficientes para otimizar o seu ERP e agregar ainda mais valor para o seu cliente.

ERP mais completo
Tempo de leitura: 3 minutos

Não é novidade no mercado dizer que investir em um ERP (Sistema Integrado de Gestão Empresarial) é uma ótima alternativa para otimizar a administração de um negócio, independente de seu tamanho. 

Isso porque o sistema, também chamado de software de gestão, possibilita uma integração de informações e dados entre vários setores em uma empresa. O ERP também faz toda a gestão financeira da empresa.  Além de descomplicar a gestão, esse tipo de sistema garante a automação de processos, a otimização de tempo e a economia de recursos para um negócio.

Como surgiu o ERP

O conceito de gestão corporativa e tecnológica não vem de hoje. Na verdade, sua história começou na década de 1950, nos Estados Unidos. Mas era algo pouco acessível, por conta do seu alto custo, além da automação ser muito lenta na época. 

20 anos mais tarde, no começo da década de 1970, o jogo virou pra valer! A expansão econômica do país colaborou para uma grande disseminação de sistemas e isso levou à criação do MRP (Material Requirement Planning), que já era o antecessor do ERP.

Mas foi na década de 1990, em que o ERP finalmente foi aperfeiçoado, ganhou força e passou a ser popularizado. Isso foi possível, principalmente, pela evolução das redes de comunicação entre computadores.

Hoje, como sabemos muito bem, o sistema peça-chave para a eficiência de negócios de todos os tamanhos. Foram mais de 40 anos de evolução para que ERP se tornasse o sistema que conhecemos hoje.

ERP mais completo


Dicas para otimizar o seu ERP

Se você já conta com um ERP no seu negócio, com certeza já está no caminho certo para o crescimento financeiro saudável! Mas e tem como tornar melhor o que já é tão eficiente? A resposta para essa pergunta é sim. Confira nossas dicas:

Realize testes
Para garantir a eficiência, todo sistema ERP precisa passar por uma bateria de testes. Essa etapa serve para identificar possíveis falhas no processo de sua implantação a tempo de corrigi-las antes que isso possa se tornar um problema para o seu negócio.  

Mapeie seus processos
Antes de mais nada, é importante mapear todos os processos do seu negócio para entender exatamente quais dados você vai avaliar com o software. Esse mapeamento evita a perda de tempo com dados irrelevantes ou até mesmo insignificantes para o objetivo do seu negócio.

Trace objetivos
Após o mapeamento de todos os processos da sua empresa, é chegada a hora de traçar objetivos claros que você espera alcançar com o sistema. Para facilitar, separamos algumas perguntas que podem ajudar nesse processo: 

  • Que análises pretende obter?
  • O que precisa ser melhorado?
  • O que precisa mudar?

Conte com um suporte
Ao contratar um sistema ERP é bom verificar se o mesmo conta com uma equipe de suporte, pois os sistemas podem ter muitas particularidades. Em várias etapas, desde de o os testes, até a análise é possível que você e sua equipe precisem entrar em contato com o suporte, além das constantes atualizações pelas quais o sistema passa. 

Essa dica é fundamental, pois qualquer problema com o seu ERP pode significar prejuízos para o seu negócio. 

Leia também: Como gerar cobranças automáticas a partir do seu ERP?

Solução de pagamentos

Para aumentar ainda mais a eficiência do seu ERP, uma dica de ouro é integrá-lo a um gateway de pagamentos especializado. Dessa forma você pode automatizar cobranças de forma integrada, além de oferecer aos seus clientes uma forma mais segura de pagamento.

O que você deve considerar para integração: 

  • Solução 100% whitelablel;
  • API robusta;
  • Dados criptografados;
  • Machine learning; 
  • Risco e compliance interno;
  • PCI compliance. 

A Juno é uma intermediadora de pagamentos que veio para descomplicar os serviços financeiros da sua empresa, com uma gestão completa das transações e clientes do seu negócio. 

Com a nossa solução, você pode oferecer seus produtos e serviços de forma integrada a partir de uma API simples e robusta, além de contar com as melhores funcionalidades do mercado que garantem a segurança de todas as suas transações.

Saiba como a Juno pode ajudar o seu ERP: 

  •  Emissão de cobranças com boleto bancário e cartão de crédito;
  •  Relatórios diários automatizados;
  •  Automação de arquivos de remessa e de retorno;
  •  Baixa automática de boletos bancários;
  •  Cobranças recorrentes e tokenização do cartão de crédito.

Quer continuar essa conversa? Fale com a gente pelas nossas redes sociais @tamojuno 🤟