Meu negócio

Como manter os dados da sua empresa seguros?

A segurança da informação é essencial para manter os dados sensíveis do seu negócio protegidos. Confira nossas dicas de como fazer uma boa gestão!

Dados da sua empresa imagem descritiva
Tempo de leitura: 3 minutos

Não é novidade pra ninguém dizer que a informação sempre desempenhou um papel muito relevante na sociedade, e isso não é diferente no mundo empresarial. Justamente por isso, o tratamento de dados de uma empresa deve ser feito de forma extremamente estratégica. 

Para assegurar que o acesso à informações empresariais seja feito de forma sustentável para o negócio, focando sempre em trazer melhores resultados, existe a segurança da informação.

Também chamada de InfoSec (expressão em inglês), a área de segurança da informação de uma é responsável por garantir que não  sejam realizados acessos considerados de risco a computadores, dados e redes e certificar que apenas usuários autorizados tenham acessos a dados sensíveis e sigilosos.

O que é segurança da informação, afinal?

A segurança da informação é um conjunto de estratégias, ferramentas e políticas de segurança que tem como objetivo: 

  • Proteger a empresa contra ataques virtuais;
  • Prevenir e detectar vulnerabilidades na área de TI; 
  • Garantir a proteção de informações alocadas em ambientes virtuais;
  • Implementar políticas de uso de dados na empresa;
  • Prevenir o acesso de pessoas não autorizadas aos dados corporativos e sigilosos.

Dessa forma, segurança da informação em um ambiente corporativo consiste na área que envolve a proteção de dados e sistemas, e sua prática significa implementar uma série de mecanismos e ferramentas que seguem alguns princípios básicos. 

Princípios da segurança da informação


Confidencialidade

Tem como objetivo garantir que apenas pessoas autorizadas tenham acesso à informações da empresa. 

Autenticidade

Não permite que os dados com origem em determinada fonte anunciada sofram mutações ao longo de um processo.

Integridade

Garante a preservação de características originais da informação e de métodos de processamento.

Conformidade

Garante que a empresa siga as leis, regulamentos e normas de segurança.

Disponibilidade

Permite que usuários autorizados pelo responsável da informação possam acessá-la sempre que precisarem.

Irretratabilidade 

Não permite a negação de uma transação feita anteriormente.

Quem lida com a proteção de dados sensíveis em uma empresa sabe que a gestão da segurança da informação vai muito além dos seus princípios básicos e deve ser dividida em três esferas principais:

  1. Física: diz respeito ao ambiente em que o hardware (computadores, meios de comunicação, servidores, etc.) está instalado fisicamente. É fundamental contar com uma infraestrutura protegida contra ameaças estruturais como incêndios, desabamentos, relâmpagos, alagamentos ou qualquer desastre que afete o espaço, além de considerar a proteção do local contra pessoas não autorizadas.
  2. Lógica: composta pela utilização de softwares responsáveis pelo funcionamento de hardwares, criptografia de senhas e mensagens e movimentação de dados da organização. Isso significa que, se os sistemas estiverem constantemente atualizados e com backups  realizados periodicamente, é possível conservar a segurança da empresa, mantendo-a longe de ataques cibernéticos.
  3. Humana: essa esfera está diretamente relacionada aos colaboradores da empresa, com foco especial nos responsáveis pela área de TI. Aqui exige um grande nível de responsabilidade por parte da gestão de segurança da informação, pois essa equipe lida com os incidentes de segurança, como ataques virtuais, por exemplo. Para garantir a eficiência da área é importante investir em treinamentos e especializações.

A importância da segurança da informação

Não importa o tamanho do seu negócio, toda empresa possui informações sensíveis, e o não tratamento correto desse tipo de dado pode comprometer a organização como um todo. Uma das principais funções da área de segurança da informação é garantir a proteção para os ativos da empresa.

Entre os documentos que precisam ser protegidos, estão os contato dos clientes e fornecedores, cotações de produtos e serviços, propostas de preços e parcerias com outras empresas, relação de comprovantes e impostos já pagos.

Leia também: Como fazer a gestão de uma empresa de segurança

Boa parte das informações que circulam nas empresas é de terceiros e manter esses dados seguros é um compromisso ético

Garantir a segurança da informação na sua empresa transmite confiabilidade para os clientes e faz com que o seu negócio ganhe destaque perante à concorrência, pois a clientela terá certeza que seus dados estarão sempre protegidos.

Dicas para manter um bom nível de segurança da informação

Confira nossas dicas para manter a gestão da segurança da informação da sua empresa: 

Segurança de rede

É preciso estabelecer controles de segurança para monitoramento e testes, com o objetivo de proteger a rede da sua empresa contra ataques externos e internos.

Configuração de segurança

Mantenha as atualizações de segurança sempre em dia para garantir o funcionamento de correto e seguro de todas as tecnologias de informação e comunicação.

Proteção contra malwares

O desenvolvimento de uma política de segurança para estabelecer defesas aplicáveis para todas as áreas do negócio suscetíveis a softwares maliciosos que podem se infiltrar no sistema da sua empresa para causar danos ou roubar informações é fundamental.

Gestão de incidentes

Determine um limite de tempo para responder com agilidade aos incidentes provocados por uma invasão no seu sistema ou por acidentes estruturais como incêndios, por exemplo.

Gestão de contas

Estabeleça processos de gestão de contas. Dessa forma, é possível ter um controle maior dos acessos concedidos para os usuários. 


Por que a Juno é segura? 

Com a Juno, você conta com um time de profissionais especializado em processos e medidas para evitar que ocorram fraudes, invasões ao sistema, ataques cibernéticos e demais fatores que possam interferir no funcionamento da plataforma. 

Gostou das nossas dicas sobre gestão de segurança da informação? Conta pra gente nos comentários! 😉