Como integrar minha plataforma ao Pix?

Foto de Tatiana Michaud
Por Tatiana Michaud
8 min de leitura
04/08/2021

Receber em apenas segundos é uma das maiores vantagens que o Pix oferece para negócios. Mas para integrações, o cenário do sistema de pagamentos do Banco Central é ainda mais benéfico, pois integrar com o Pix habilita notificações de pagamento. Saiba mais!

Para escutar este conteúdo sobre como integrar minha plataforma ao Pix na íntegra, você só precisa dar o play! 😉

Desde que se tornou uma realidade, o Pix tem mudado a dinâmica do mercado financeiro do Brasil. Segundo dados do Bacen, só em julho de 2021, o volume financeiro das transações Pix foi de R$ 441 milhões.

Esse sucesso todo se deve à velocidade e disponibilidade que o Pix oferece. Com transações bancárias disponíveis 24 horas por dia, todos os dias da semana e do ano, mesmo em finais de semana e feriados, e compensação de pagamento em até 10 segundos, o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central já mostrou a que veio.

Para o consumidor, a praticidade em poder realizar pagamentos e transferências a qualquer momento e dia, e com uma velocidade nunca vista antes, tem provocado grande adesão ao novo sistema de pagamentos. 

Do lado das empresas, o Pix também se mostra muito benéfico, pois a compensação instantânea significa não depender mais da liberação da verba da venda para incluir em seu orçamento, o que reduz a inadimplência de meios de pagamento como o boleto, por exemplo. 

E para quem precisa integrar uma plataforma ao Pix, o novo sistema de pagamentos é ainda mais vantajoso. Além dessa instantaneidade toda, a API Pix conta com funcionalidades como as notificações de pagamento, que otimizam ainda mais o processo de vendas. 

Neste artigo, você fica sabendo o que é a API padrão Bacen e como funciona uma integração com Pix. Vem com a gente!

O que é a API padrão do Banco Central?

API significa Application Programming Interface (Interface de Programação de Aplicação, em português). Uma API uma ferramenta de conexão com a qual dois sistemas diferentes conversam entre si.

Para que as integrações sejam possíveis pelo sistema do Pix, o Banco Central disponibiliza uma API única, que fica acessível para todos os participantes do sistema no DICT (Diretório de Identificadores de Contas Transacionais) do Bacen.

Isso significa que as Instituições de Pagamento autorizadas pelo Banco Central, como a Juno, desenvolveram integrações a partir da documentação criada pelo Bacen para disponibilizar o novo sistema.

A comunicação da API da Juno é feita de forma completamente segura, por meio de mecanismos de autenticação como o OAuth2 e conexão criptografada TLS mútuo, o que quer dizer que todas as Chaves Pix são validadas pelo DICT, que é o componente do Pix que armazena as informações dos usuários recebedores e das respectivas contas transacionais, que podem ser localizadas por meio das Chaves Pix.

Principais objetivos da API da Juno

Os principais objetivos da API da Juno são:

  • Receber notificações de pagamento via webhooks;
  • Gerar QR Code Dinâmico, que traz informações detalhadas referentes à operação;
  • Consultar status e saldo da conta (verificação da liquidação);
  • Gerenciar e automatizar criação de cobranças;
  • Emitir e receber pagamentos;
  • Fazer estornos;
  • E muito mais!

É importante frisar que tudo isso é controlado pelo SPI (Sistema de Pagamentos Instantâneos) do Banco Central.

Notificações de pagamento via API da Juno

Uma das maiores vantagens que o Pix via API tem para oferecer para negócios é a possibilidade de receber notificações de pagamento via webhooks instantaneamente.

Com o recurso, não há a necessidade de ficar o tempo todo checando se um pagamento foi confirmado. Por meio de um webhook, basta se inscrever e escolher quais notificações quer receber.

Ou seja, quem usa a API Pix da Juno recebe uma notificação toda vez que o status da transação mudar para confirmado.

“Você pode, por exemplo, ter um sistema de PDV (Ponto de Venda) em que naquela tela que fica apontada para o cliente, na hora do pagamento, ele escolhe o Pix e já aparece o QR Code, que é criado instantaneamente. O cliente tira a foto ali com o aplicativo da instituição de pagamento, paga e, por webhook, o PDV já identifica esse pagamento na mesma hora. Tudo isso com uma taxa mais baixa e sem precisar de maquininha para ler o cartão”, explica Ricardo Acras, CEO da FocusNFe.

Com a compensação de pagamento em até 10 segundos do Pix, as notificações por API otimizam ainda mais todo o processo de vendas.

“Nós somos especialistas em gestão para software empresarial, então a gente tem sistemas para vários segmentos, desde indústria, confecção, comércio e também um segmento bem peculiar que é de distribuidoras de energia. Justamente é aí que o Pix entra como novidade, nas faturas de energia elétrica”, conta Alvaro Brognoli, Analista de Negócios na Useall.

Como integrar o Pix ao seu sistema?

A API de Integração da Juno foi construída com base em tecnologias atuais, visando principalmente padronização de acesso e segurança.

É possível criar Chaves Aleatórias para aplicações integradas, o que elimina a necessidade de processos manuais durante a integração para a criação de Chaves Pix. Conheça a documentação da API da Juno para o novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central.

Confira tudo o que a API da Juno pode fazer pelo seu negócio:

OAuth2

Autenticação e autorização seguem os padrões OAuth2 de segurança. Utilizamos tokens JWT para controlar o período de validade dos tokens e as permissões de acesso aos recursos da API e JWE para encapsular e criptografar arquivos durante o envio de documentos.

Restful

A Juno utiliza verbos do protocolo HTTP para identificar as operações que serão executadas, padroniza a nomenclatura e as configurações de acesso dos recursos e retorna ao HTTP Status Codes condizentes com a resposta gerada. Sendo um único padrão de codificação para as requisições e respostas.

Sandbox

Contamos com um ambiente de testes para você validar com segurança o processo de integração com a Juno.

Biblioteca de Criptografia

Para implementar pagamentos no cartão de crédito com a garantia de segurança das transações realizadas na Juno, nossa API adota uma política de criptografia dos dados de cartão de crédito de ponta a ponta.

Isso é feito através da nossa biblioteca de criptografia do cartão de crédito que será responsável por transformar os dados do cartão de crédito em um dado seguro: o hash.

Tokenização

Com o objetivo de facilitar o processo de geração de cobranças recorrentes, nossa API oferece a funcionalidade de tokenização dos dados do cartão de crédito de seu cliente.

Soluções mobile

A API da Juno atende 100% soluções mobile, com SDK para iOS e Android, o que é um grande diferencial de mercado, pois o SDK, ou Kit de Desenvolvimento de Software, permite que os desenvolvedores criem aplicativos de forma nativa.

Abaixo, confira um resumo com os benefícios:

integrar plataforma ao pix: a foto mostra uma tabela com todas os benefícios de se usar a api da juno

Como integrar plataforma ao Pix

Confira na íntegra as dicas sobre como integrar plataforma ao Pix e também veja como vender online com o Pix no painel da nossa Imersão Pix para Negócios, que aconteceu no dia 11/11/2020, e teve como convidados o Alvaro Brognoli, Analista de Negócios na Useall, e o Ricardo Acras, CEO da FocusNFe. Dá o play:

Revolucione seu negócio com o Pix

Preencha o formulário abaixo e a nossa equipe entrará em contato!

Tipo de negócio
até 5/mês
até R$ 5 mil