Meu negócio

Como gerenciar as comissões de afiliados?

Programas de afiliados oferecem muitas vantagens para os participantes dessa modalidade de vendas dentro do marketing. Funcionando por meio de links de indicação, os afiliados podem lucrar sobre as vendas realizadas por meio de comissões. Saiba mais!

Afiliados capa
Tempo de leitura: 5 minutos

O chamado mercado de afiliados tem crescido de forma considerável nos últimos anos, justamente pela sua alta capacidade de lucro quando o assunto são negócios online, além de ser uma forma de investimento de baixo risco.  

Os programas de afiliados funcionam por meio de links de indicação publicados em sites, blogs e outros meios de comunicação, que direcionam o público a produtos e serviços. 

Esse processo ajuda a impulsionar vendas, funcionando como um sistema em que quem indica os itens ganha, e o dono do negócio também, por meio de vendas.

Dentro desse sistema, os afiliados, recebem comissão sobre as vendas, o que faz desse tipo de programa um mercado tão lucrativo. Entenda como comissionar os participantes dos programas e de que forma dividir os valores das vendas realizadas. Vem com a gente!

Afiliados imagem descritiva

O que são programas de afiliados?

Um programa de afiliados é uma categoria de vendas dentro do marketing, que pode ser prestada tanto por uma empresa quanto por uma pessoa física, ao disponibilizar espaços de divulgação na internet. Mas como esse tipo de programa é capaz de gerar lucro?

De maneira simples, o mercado de afiliados funciona como uma forma de monetizar as vendas por meio de indicações. É o tipo de sistema em que todo mundo sai ganhando, pois existe uma parceria entre criadores de conteúdo, blogueiros e editores, por exemplo, junto à marcas. 

A remuneração dos chamados afiliados funciona a partir da criação de links capazes de direcionar o público às recomendações dos criadores de conteúdo. Tanto a empresa que oferece os produtos e serviços disponíveis nos links de indicação quanto os indicadores lucram a partir dessa estratégia. Exemplos de programas de afiliados muito bem sucedidos são os disponíveis pela Amazon e a Hotmart, que funciona como uma espécie de marketplace de afiliados. 

Os links são gerados a partir de ferramentas simples e podem ser publicados em redes sociais, blogs, e-mails marketing, newsletters, sites e até mesmo em lojas virtuais. Vale lembrar que a lucratividade desses links de recomendação de programas de afiliados depende da capacidade de convergência entre o conteúdo anunciado e o interesse do público que acessa os canais em eles estão publicados. 

Isso significa que os links precisam conversar com o conteúdo gerado pelo produtor, e não apenas serem inseridos sem contexto. É justamente por isso que o programa de afiliados é considerado uma junção entre as áreas do marketing e do comercial. 

É preciso ter uma estratégia de comunicação em uma ponta, em que é o produtor de conteúdo que vai contextualizar o link de recomendação dos produtos ou serviços recomendados.

E na outra ponta, a estratégia de vendas para que quando um usuário interessado em comprar o item indicado chegue ao e-commerce, a venda seja concretizada com sucesso.

Leia também: Como estruturar seu programa de afiliados?

Principais benefícios de um programa de afiliados

O mercado de afiliados não tem crescido por acaso: esse tipo de programa é muito vantajoso tanto para os afiliados quanto para os anunciantes. Conheça suas principais vantagens: 

  • Além de ser um investimento de baixo risco, ele não tem custo algum para ser iniciado;
  • Existe uma grande variedade de produtos que podem ser divulgados por meio dos links de indicação, o que possibilita testes com nichos de mercado até identificar o que se encaixa melhor com o perfil do seu negócio;
  • Há muitas possibilidades de de lucrar, considerando que os produtos possuem margens de preço diferentes. Isso significa que o afiliado precisa apenas escolher a que mais faz sentido para os seus canais de comunicação;
  • Existe a possibilidade de transformar essa prática em um verdadeiro formato de negócio, que cresce de acordo com esse mercado.

Como definir comissões para o seu programa de afiliados

Levantar custos 

Os custos envolvidos no processo de desenvolvimento e logística de um produto precisam ser contabilizados na hora de pensar em comissões dentro de um programa de afiliados.

O valor de venda de um produto envolve os seguintes itens:

  • Custos: valor gasto pela empresa para produzir a mercadoria oferecida aos clientes;
  • Despesas: quanto o negócio gasta para vender um produto ou serviço e então gerar receita;
  • Lucro: é o valor obtido pela venda de um produto ou serviço

Ao somar esses três elementos, é possível entender quanto custa para vender os produtos e serviços de um negócio e quantos eles são de fato lucrativos para a empresa. Essa conta faz parte do levantamento de custos na hora de comissionar os afiliados do programa. 

Vale lembrar que produtos inteiramente digitais, como ebooks por exemplo, não geram custos com logística, funcionários ou mesmo espaço físico. Mas ainda assim é preciso pensar em quais são as despesas mensais envolvidas para desenvolver e vender esse tipo de produto, assim como em produtos físicos.

É importante considerar os investimentos feitos em divulgação e até mesmo contas de energia elétrica e internet para mensurar os custos do produto ou serviço comercializado.

O resultado total deve ser dividido pela quantidade média de itens vendidos mensalmente, para que seja possível determinar o custo real de cada unidade. Dependendo do tipo de programa de afiliado, é possível que existam tarifas específicas, que precisam também ser somadas a esse valor.

Definir preços

O preço, por sua vez, representa a proposta financeira daquilo que empresa oferece ao público, seja um produto ou serviço. E ele precisa estar alinhado de acordo com a concorrência e ajustado com os custos e despesas gerados para a criação do produto ou serviço.

Precificar envolve identificar o melhor preço para determinado produto e serviço, sempre com o foco em otimizar os ganhos para garantir a saúde financeira da empresa como um todo.

Além de ser um processo tão importante para a saúde financeira de um negócio, a precificação traz uma série de vantagens para a empresa: 

  • Aumento do faturamento; 
  • Maximização de lucros;
  • Redução de riscos;
  • Identificação de público-alvo;
  • Satisfação do consumidor;
  • Determinação de valor do produto/serviço;
  • Aumento da competitividade;
  • Melhoria da saúde financeira.

O preço vai ser influenciado diretamente por fatores como custo de produção ou aquisição, encargos,  margem de lucro e até mesmo o poder aquisitivo do público-alvo.

Leia também: Como definir os preços dos produtos do seu negócio?

Fixar a comissão

Depois de levantar os custos e definir os preços dos produtos ou serviços oferecidos pelo seu negócio, é chegada a hora de determinar uma comissão fixa entre os afiliados. Vai ser sobre o valor do lucro obtido pelas mercadorias vendidas que o percentual das comissões será calculado e esse valor pode variar de programa para programa. Mas vale lembrar que não se deve fixar um valor muito baixo. 

O ideal para programas de afiliados é oferecer no mínimo 30% de comissão, com o objetivo de atrair a atenção de parceiros, sem prejudicar o lucro do negócio. Para percentuais maiores, é necessário investir em estratégias mais assertivas de vendas e marketing, com o objetivo de fidelizar mais clientes e aumentar o ticket médio da empresa.

Leia também: Qual a importância do ticket médio para o seu negócio?

Como estruturar seu programa de afiliados?

O Multisplit Juno, o sistema inteligente de split de pagamentos da Juno possibilita que ambas as partes do programa de afiliados recebam os lucros das vendas e dos links de indicação. Conheça as principais vantagens do Multisplit:

  • Decida entre quantas pessoas dividir o valor total da venda;
  • Determine como acontece a divisão do valor recebido;
  • Escolha quem paga as taxas pela emissão da cobrança;
  • Tenha a liberdade de modificar o split de uma cobrança que ainda não foi paga.

Saiba mais sobre essa funcionalidade que vai aumentar a conversão de vendas do seu negócio aqui.

Leia também: Multisplit Juno: sistema inteligente de split de pagamentos para marketplaces

Quer continuar essa conversa? Fale com a gente pelas nossas redes sociais @tamojuno 🤟