Meu negócio

Como escolher o gerenciador para pagamentos do seu condomínio

A responsabilidade de manter todos os pagamentos de um condomínio em dia é do síndico e ele pode contar com plataformas especializadas para ajudar nessa função. Mas como fazer essa escolha? Confira nossas dicas!

Gerenciador de pagamentos do seu condomínio imagem descritiva
Tempo de leitura: 3 minutos

Para que tudo em um condomínio funcione de forma correta, é preciso que os pagamentos da taxa condominial estejam em dia, e a responsabilidade de manter essa engrenagem tão importante rodando fica por conta da figura do síndico. 

Fazer uma boa gestão de pagamentos, embora seja uma atividade importante, não é a única responsabilidade que um condomínio demanda. Para que tudo funcione da melhor maneira possível, o síndico pode contar com plataformas que fazem a gestão de pagamentos e cobranças de forma prática, sem burocracias ou complicações. 

Afinal, estamos falando de um volume de contas, pagamentos e cobranças considerável, e quando todos esses valores não estão em dia, todo o orçamento condominial pode ser prejudicado. Quer descobrir como escolher um gerenciador de pagamentos que seja ideal para o seu condomínio? Confira nossas dicas.

Gerenciador de pagamentos do seu condomínio imagem descritiva


O que o sistema de pagamentos do seu condomínio deve ter

Para começo de conversa, o síndico de um condomínio precisa de um sistema que vá muito além de simplesmente gerenciar a parte de contas a receber para poder fazer uma boa gestão financeira condominial. 

Leia também: Como organizar as finanças de um condomínio?

Conheça os elementos que podem fazer toda a diferença na hora de escolher a solução de pagamentos do seu condomínio:

Gestão de condôminos

Cuidar de um condomínio significa ser responsável pelo imóvel de muitas pessoas e tentar manter registro (nome, complementos, rotina de pagamento da taxa condominial, etc) de cada uma delas no papel ou até mesmo em uma planilha do excel, além de ser muito trabalhoso, pode ser pouco confiável e nada prático. Por isso, é importante poder contar com um sistema que faça a gestão dos condôminos de forma mais automática. 

Gestão de pagamentos

Da mesma forma que manter o registro dos condôminos de forma manual pode se tornar um problema, tentar fazer isso com os pagamentos de um condomínio pode trazer sérias consequências para o orçamento. Pensando nisso, o sistema de pagamentos escolhido precisa fazer a gestão automatizada de todas as cobranças. 

Essa é uma estratégia que funciona muito bem no combate ao índice de inadimplência, pois quando o síndico tem fácil acesso a todos os pagamentos e também aos condôminos, fica muito mais fácil entender quais são os moradores  não têm pago o condomínio em dia.

Relatórios e extratos

Outros dois elementos que fazem muita diferença na gestão financeira e que o síndico precisa considerar na hora de escolher um sistema de pagamentos são os relatórios e extratos obtidos. Esse tipo de informação é muito valiosa, pois mostra de fato como está a saúde financeira do condomínio e serve como ferramenta para o planejamento orçamentário a curto, médio e longo prazo.

Automação de processos

Todas as funcionalidades do sistema escolhido para gerenciar os pagamentos do condomínio devem ser automatizadas para garantir agilidade e segurança em todos os processos e, consequentemente, possibilitar que o síndico concentre sua energia e expertise nas muitas outras responsabilidades que um condomínio exige.

Com a Juno o síndico conta com uma plataforma que faz a gestão de pagamentos e condôminos de forma descomplicada.

Leia também: Como pagar suas contas na plataforma da Juno

Além disso, é possível  enviar lembretes automáticos de cobrança alguns dias antes da data de vencimento via e-mail ou WhatsApp, o que ajuda a diminuir a inadimplência dos seus condôminos. Nossos relatórios permitem que o síndico tenha uma visão holística da saúde financeira do condomínio, com dados valiosos. 

Gostou das nossas dicas para escolher um gerenciador de pagamentos para o seu condomínio? Conta pra gente nos comentários! 🙂