Tecnologia

Como aceitar pagamentos com o Pix na sua plataforma

Desde que entrou em operação, em novembro de 2020, o Pix já se tornou parte da rotina financeira do consumidor brasileiro. Mas não é só pra quem consome que o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central é vantajoso. Saiba como oferecer o Pix na sua plataforma!

Pix imagem descritiva
Tempo de leitura: 6 minutos

Lançado em novembro de 2020, o sistema de pagamentos instantâneos do Bacen, o Pix, já começou a fazer parte das rotinas do consumidor brasileiro e também das empresas.

Desde que entrou oficialmente em operação, mais de 50 milhões de pessoas já fizeram um Pix, o que totalizou mais de 275 milhões de transações desse novo sistema de pagamentos, segundo dados divulgados pelo próprio Banco Central

Essas transações somaram R$ 197,6 bilhões até o final de fevereiro de 2021. De acordo com o levantamento, a maior parte das transações foi P2P (entre pessoas), movimentando R$ 75,9 bilhões, seguido de B2B (entre empresas), com um total de R$ 57,6 bilhões, depois de empresa para pessoa (B2P), com R$ 20,6 bilhões, e por último de pessoa para empresa (P2B), com R$ 14,5 bilhões.

Esse sucesso todo não chega a surpreender, pois o novo sistema de pagamentos instantâneos do Bacen mudou a dinâmica e a velocidade tanto em fazer pagamentos quanto em receber cobranças, pois possibilita transações 24 horas por dia, todos os dias da semana e do ano, o que inclui finais de semana e feriados. 

Ainda que a fama do Pix esteja muito relacionada à transferências bancárias, quando o assunto é vender pelo novo sistema de pagamentos instantâneos, as vantagens são muitas para negócios de todos os tipos e tamanhos. Um exemplo de como o Pix funciona muito bem para negócios é as Lojas Americanas, marketplace muito famoso no país todo e que já aceita o pagamento dos produtos via Pix. 

Já sabe como aceitar pagamentos com Pix no seu negócio? Neste artigo vamos mostrar como passar a oferecer o método de pagamento mais rápido e disponível do país. Vem com a gente!

Pix imagem descritiva

Pagamentos realmente instantâneos

Uma das principais estratégias para manter uma boa conversão de vendas em qualquer negócio é oferecer mais meios de pagamento para o cliente fechar uma compra. Quanto mais variada for essa seleção, maiores vão ser as chances do consumidor encontrar uma que faça sentido para a sua realidade naquele momento e que caiba no seu bolso. 

E por que não oferecer o meio de pagamento em que a compensação acontece em até 10 segundos? Quando falam que o Pix é um sistema de pagamentos instantâneos, não é força de expressão, é tudo muito rápido e seguro. 

Essa compensação segundos depois do cliente efetuar o pagamento também é muito vantajosa para o lojista, pois é garantia de dinheiro em caixa, sem precisar esperar um boleto bancário compensar – com o risco de não ser pago e acabar virando uma inadimplência – ou ainda a aprovação das bandeiras de cartão de crédito

Uma outra vantagem é a possibilidade de efetuar o pagamento em qualquer horário e também qualquer dia da semana e do ano. Isso significa que, com o Pix, as compras podem ser efetuadas em finais de semana e feriados e também em horários além dos estabelecidos pelos bancos tradicionais. Outro ponto que também joga muito em favor de quem vende, pois as chances de fechar mais vendas aumentam consideravelmente.

Como utilizar o Pix?

Para realizar as transações do sistema Pix, vai ser preciso que tanto quem envia o dinheiro quanto quem recebe tenha uma conta, não necessariamente corrente, em um banco, uma instituição de pagamento ou em uma fintech. 

Chaves Pix

É a nova forma de identificar o seu endereço bancário. Por meio dessas chaves,  o Banco Central reconhece sua conta no banco e valida suas transações bancárias. Mas o que são essas chaves e como isso funciona? São dados como telefone, e-mail ou CPF/CNPJ, que ficam vinculados aos seus dados bancários.

Leia também: Tudo sobre as Chaves Pix

Tudo isso fica registrado no DICT (Diretório de Contas Transacionais).

Desde o dia 5 de outubro, você já pode cadastrar a sua Chave Pix pela Juno, direto pelo App Juno.

Preparamos um vídeo que mostra o passo a passo de como criar uma chave com a gente. É só dar o play pra conferir:

As transações via Pix acontecem por meio de QR Codes Estáticos e Dinâmicos:

QR Code estático 

  • Utilizado em diversas transações;
  • Permite definir um valor fixo para um produto ou a inserção de um valor pelo pagador;
  • Ideal para pequenos varejistas, prestadores de serviço e pessoas físicas.

QR Code dinâmico 

  • Uso exclusivo a cada transação;
  • Além do valor, permite a inclusão de outras informações, como a identificação do recebedor;
  • Gerado por um sistema, para diversas transações; 
  • Facilita conciliação e automação comercial.

Mas o que tudo isso quer dizer na prática?

No dia a dia do usuário, a diferença entre um tipo de código e outro é mais fácil de ser visualizada.

O QR Code estático pode ser utilizado em mais de uma transação, isso significa que pode estar impresso no PDV (Ponto de Venda), ser utilizado para dividir o valor de uma pizza entre amigos. Em outras palavras, ele é o tipo de código ideal para compartilhar, com segurança, dados bancários para realizar transferências.

Já o QR Code Dinâmico, por sua vez, desempenha a função de uma cobrança mais formal, de um modo geral associada a um boleto. É o tipo de código que vai ser muito utilizado para realizar pagamentos ou cobranças em e-commerces, por exemplo.

Leia também: Pix: QR Code Estático X QR Code Dinâmico

O Pix também oferece a possibilidade de inserir informações manuais para direcionar um pagamento, utilizando as mesmas chaves registradas no DICT – e-mail, CPF/CNPJ ou telefone – para determinar o destinatário de uma transação.

Outra opção é a Chave Aleatória, que é o endereço virtual de pagamento, e é uma forma de manter a privacidade do cliente no uso do QR Code estático. Ele funciona a partir de um número hexadecimal com 32 caracteres, e é gerado de forma aleatória e exclusiva pelo DICT.

Por que criar uma chave?

É necessária a criação de pelo menos uma Chave Pix para gerar cobranças pelo novo sistema de pagamentos do Banco Central via QR Codes dinâmicos ou estáticos.

Se você criou uma chave e outra instituição de pagamentos ou banco e quer usar o Pix pela Juno, pode ficar tranquilo. Você só precisa pedir a portabilidade da sua Chave Pix! Essa forma muito simples de migrar suas chaves de umas instituição financeira para outra

O pedido de portabilidade das chaves pode ser feito direto pelo seu app e a solicitação costuma acontecer em no máximo até 7 dias, e sua chave já vai estar vinculada à sua Conta Juno e você já vai poder utilizar o Pix para emitir cobranças!

Vale lembrar que a Chave Aleatória é única e intransferível, isso significa que ela é criada para uma apenas uma transação e por isso não se enquadra no pedido de portabilidade de Chaves Pix.

Pix imagem descritiva

Como vender com o Pix no seu e-commerce?

O Pix veio para facilitar a vida de quem vende pela internet, com a velocidade e disponibilidade que o seu negócio precisa. Listamos formas para você se inspirar e aplicar na sua loja online! Confira:

Pix via Link de Pagamento

Ideal para lojas de pequeno e médio porte, o link de pagamento facilita muito a vida do lojista, possibilitando o envio da cobrança via Pix para seus clientes por meio de um link pelo WhatsApp ou até mesmo pelas redes sociais.

Para esse tipo de emissão, o QR Code indicado é o dinâmico.

Para quem?

Pequenas lojas online.

Por que usar Pix?

  • Oferecer mais uma opção de pagamento para seus clientes;
  • Seu cliente não precisa ter um cartão de crédito para pagar online; 
  • Maneira rápida e prática de pagar online;
  • Confirmação e compensação do pagamento na hora;
  • Sem risco de chargeback*.

Pix em um checkout online/Compras in-app

Você também tem a possibilidade de oferecer o Pix como meio de pagamento para os seus clientes no checkout do seu e-commerce! Para esse tipo de emissão, o QR Code disponível também é o dinâmico.

Para quem?

Todo tipo de loja virtual/e-commerce; • Aplicativos mobile.

Por que usar Pix?

  • Mais uma opção de pagamento para seus clientes;
  • Seu cliente não precisa ter um cartão de crédito para pagar online; 
  • Maneira rápida e prática de pagar online;
  • Confirmação e compensação do pagamento na hora;
  • Sem risco de chargeback*.

Gerar boleto ou carnê com QR Pix dinâmico

O boleto é a emissão de cobranças que a maioria dos lojistas já está acostumada, agora com a velocidade e disponibilidade do Pix! Para aproveitar toda a facilidade que esse tipo de emissão oferece, basta acessar sua Conta Juno via web e pronto!*

*Essa funcionalidade vai estar disponível para todos os clientes Juno muito em breve!

Para quem?

Profissionais liberais; Escritórios; E-commerces.

Por que usar Pix?

  • Oferecer mais uma opção de pagamento para seus clientes; 
  • Confirmação e compensação do pagamento na hora;
  • Não alterar a forma com que você já emite seus boletos e cobra seus clientes.

O Pix já está disponível para na Juno pelo nosso app, nas versões Android e iOS, e também para integração via API da Juno. 

Confira a documentação da nossa integração para o Pix.

Quer revolucionar o seu negócio com o Pix na Juno?

Preencha o formulário abaixo e a nossa equipe entrará em contato!

Quer continuar essa conversa? Fale com a gente pelas nossas redes sociais @tamojuno 🤟