Materiais gratuitos

5 razões para você começar a vender em marketplaces

Descubra 5 vantagens incríveis dos marketplaces e entenda por que vender nesses canais é uma excelente estratégia de negócio!

5-razoes-para-voce-comecar-a-vender-em-marketplaces
Tempo de leitura: 4 minutos

Diversificar os canais de venda é uma excelente estratégia para as lojas alavancarem o faturamento. Além do fortalecimento da marca, isso favorece o ganho de visibilidade e o aumento do fluxo de clientes, por exemplo. Nesse sentido, um dos caminhos mais eficazes para fazer tal diversificação é investir nos marketplaces, sites que funcionam como shopping centers virtuais.

Só em 2017, esses canais representaram quase 20% das vendas totais realizadas no e-commerce, conforme revela o 37º relatório Webshoppers. A pesquisa Vender em Marketplaces 2018, do Olist, também traz dados interessantes sobre o modelo. Segundo o estudo, os marketplaces representam a principal fonte de renda para mais de 40% dos lojistas. Além disso, 26,4% das lojas afirmam obter um faturamento médio entre R$ 10 mil e R$ 50 mil por mês nesses canais.


Média de faturamento mensal das lojas nos marketplaces. | Reprodução: Pesquisa Vender em Marketplaces 2018, do Olist.

Pensando em todo esse potencial, preparamos uma lista com 5 grandes vantagens que os marketplaces oferecem às lojas. Continue a leitura para saber quais são elas e descubra por que você deve começar a anunciar nesses incríveis canais de venda!

Vantagens de vender em marketplaces

1) Alta visibilidade e tráfego qualificado

Os marketplaces representam uma vitrine de altíssima visibilidade para os produtos das lojas parceiras. Por terem um catálogo extremamente diversificado, esses sites recebem um grande volume de acessos diários. Os números do Mercado Livre, maior marketplace da América Latina, não mentem: são 211 milhões de usuários, 10 milhões de vendedores, 114 milhões de ofertas e 6 mil buscas por segundo. Absurdo, não?

Junto a isso, o público que visita sites desse tipo costuma ser bastante diversificado e engajado. Não à toa, a fidelização de clientes é muito comum nos marketplaces. Portanto, anunciar produtos nos mercados online pode aumentar significativamente o número de clientes, as vendas e o faturamento da sua loja!

2) Catálogo variado

Como comentamos, os marketplaces são ricos em diversidade de produtos e categorias. Sites como Americanas, Mercado Livre e Amazon são mais generalistas e comercializam itens de diferentes segmentos. Já plataformas como Netshoes (moda) e Elo7 (artesanato) têm foco em categorias de nicho. Por isso, é interessante entender as características de cada canal antes de decidir onde anunciar.

Um bom ponto de partida para você escolher as vitrines perfeitas para sua loja é saber quais são os principais marketplaces em atuação no Brasil. Algumas das empresas de destaque são Mercado Livre, Grupo B2W (sites Americanas, Shoptime e Submarino), Magazine Luiza, Carrefour e Amazon, por exemplo.

3) Facilidade operacional

Outro benefício que não podemos deixar de citar é a facilidade operacional dos marketplaces. Essas plataformas são desenvolvidas para terem boa usabilidade e serem práticas e intuitivas. Em geral, a responsabilidade de lojistas se resume ao cadastro dos produtos – etapa que exige bastante atenção –, gestão das vendas e atendimento do público por meio das perguntas de pré-venda.

Diferentemente do que acontece em e-commerces próprios, nos marketplaces não é preciso se preocupar com tecnologia ou questões técnicas da plataforma, por exemplo. Toda essa parte da operação fica sob responsabilidade do próprio site. Como consequência, os parceiros ganham tempo para focar energia na gestão dos negócios e nas estratégias de venda.

4) Baixos custos de investimento

Há uma grande diferença entre os custos de abrir o site próprio e o de vender em marketplaces. No primeiro caso, é preciso investir em tecnologia, desenvolvimento, layout, divulgação e muito mais. Já nos mercados online, por outro lado, o gasto mais significativo é o do comissionamento. Por essa razão, vender em marketplaces é interessante não só pela visibilidade mas também pelo benefício financeiro.

Nesses canais, o retorno sobre o investimento (ROI) é muito maior. Basicamente, essa métrica indica se os investimentos da empresa estão tendo bons resultados ou não – a fórmula é (receita – custos) / custos. Portanto, quem deseja aumentar o ROI não pode deixar de investir nos marketplaces – e se a sua loja ainda não acompanha esse número, é hora de começar a fazer isso!

5) Segurança

Para comprar e vender em marketplaces, é preciso respeitar as diretrizes do canal. Do contrário, o usuário ou lojista pode sofrer punições. Essa regulamentação aumenta a segurança das transações que ocorrem dentro dos sites e evita problemas financeiros, de distribuição ou de controle de marca, por exemplo. Nesse sentido, anunciar em marketplaces é indicado para quem está começando no e-commerce.

Um dos requisitos para anunciar em marketplaces é ter as certificações obrigatórias para produtos de determinadas categorias. Lojas que vendem brinquedos, por exemplo, devem comercializar apenas mercadorias que tenham o selo do Inmetro. Caso contrário, o produto não será aceito e a marca pode sofrer punições.

Não perca mais tempo e comece a vender em marketplaces!

Como explicamos neste post, os marketplaces têm um potencial de crescimento gigantesco e oferecem inúmeras vantagens aos lojistas. Além de receberem tráfego intenso e qualificado, esses sites fortalecem a presença das marcas na internet e facilitam a diversificação dos canais de venda. Portanto, estar presente nos marketplaces é o primeiro passo para quem quer aproveitar as tendências de mercado para faturar mais com inteligência.

Se esse é o seu caso, comece a investir hoje mesmo nos marketplaces com o apoio do Olist. Ajudamos mais de 7.000 lojistas a venderem com eficiência e profissionalismo nos maiores sites do Brasil. Nossa solução avançada permite que lojistas centralizem a gestão das vendas em uma única interface, ganhem competitividade no varejo e obtenham destaque no e-commerce. Entre para o Olist e descubra como vender mais e melhor!

Dúvidas sobre marketplaces? Compartilhe conosco nos comentários!

Autoria: Camilla de Oliveira é jornalista e produtora de conteúdo no Olist, empresa que ajuda lojistas de todo o país a venderem pela internet.