Chaves Pix: o que são, como funcionam e como registrar

Foto de Tatiana Michaud
Por Tatiana Michaud
8 min de leitura
26/08/2021

Entenda o que são as chaves Pix e descubra como elas podem facilitar ainda mais as transferências instantâneas de pagamentos. Saiba tudo aqui.

Para escutar este conteúdo sobre o que são Chaves Pix, você só precisa dar o play! 😉

Desde seu lançamento em novembro de 2020 até julho de 2021, já foram criadas mais de 294 milhões de chaves Pix no Brasil, segundo dados divulgados pelo Banco Central (BC). Essas chaves são códigos únicos que facilitam a transferência de dinheiro através do Pix — o novo método de pagamentos instantâneos criado pelo BC.

Você pode receber e pagar por Pix simplesmente se tiver uma conta em uma instituição credenciada no Banco Central — como é o caso da Juno. Sendo assim, não é obrigatório criar uma chave para fazer as transferências.

Contudo, as chaves facilitam demais o processo de pagamento porque, caso contrário, para receber ou pagar sem ter essa identificação única, você terá que passar todos seus dados bancários e CPF para o pagador ou recebedor.

Hoje, a gente vai entender mais sobre essas chaves do Pix e os benefícios em criá-las, apesar da não obrigatoriedade!

Mas antes, vamos conferir alguns dados do Pix

O Pix foi criado em 2020 e chegou ao Brasil com a proposta de facilitar as transferências de dinheiro, o pagamento de contas e até o recolhimento de impostos e taxas de serviços. Desde o lançamento, a adesão ao Pix se mostra grande — e não é muito difícil entender porque ele vem conquistando tanto quem compra quanto quem vende!

Com disponibilidade de processamento 24 horas por dia, 7 dias por semana (podendo, inclusive, ser feito aos finais de semana e feriados), o Banco Central registrou mais de 3,8 bilhões de transações via Pix durante os nove primeiros meses de existência do método de pagamento. Nesse período, de novembro a julho de 2021, já foram transacionados mais de R$ 2,4 bilhões.

Apenas em julho de 2021, de acordo com o Banco Central, 73% da quantidade de transações por Pix liquidadas foram feitas de pessoas para pessoas (P2P); 13% de pessoas para negócios (P2B); 11% de empresas para pessoas (B2P) e 3% de negócios para negócios (B2B).

Quem é pessoa física consegue pagar e receber por Pix sem nenhum custo. Já pessoa jurídica, apenas em determinadas situações, precisa pagar taxas — mas os valores são bem mais atrativos se comparados com as demais modalidades de pagamento no Brasil.

O que são chaves Pix?

chaves pix - a foto mostra um aparelho de celular e, em sua tela, podemos conferir a logo do Pix do Banco Central

O Banco Central define uma chave Pix como um apelido utilizado para identificar cada conta. Essas chaves são endereços únicos que agilizam a transferência de dinheiro entre pessoas e entre empresas.

Antes da chegada do Pix, quando você precisava receber dinheiro de alguém, era necessário passar todos os seus dados bancários, como nome completo, número da agência, número da conta, dígito, tipo de operação, CPF ou CNPJ.

Muitas vezes, essas transferências demoravam mais de um dia útil para serem concretizadas, com limitações de horários e valores.

Com a criação das chaves Pix, tudo isso é coisa do passado! Se você precisar receber de um cliente, por exemplo, basta informar a sua chave de identificação e, assim que o cliente efetuar o pagamento, em até 10 segundos, o dinheiro cai na conta vinculada.

Você pode criar uma chave Pix utilizando:

  • CPF ou CNPJ;
  • E-mail;
  • Número de telefone;
  • Chave aleatória;

Número de chaves cadastradas

chaves pix: o que são, como registrar e como funcionam - a foto mostra uma mulher segurando o celular. ela olha a tela e sorri

Quem é Pessoa Física pode ter até cinco chaves por conta na qual seja titular. Ou seja, se você é PF e tem Conta Digital Juno, você poderá ter cinco chaves Pix. Se além da Conta na Juno você for titular de outra conta como Pessoa Física em um banco credenciado pelo Bacen, você poderá gerar mais cinco chaves lá e assim por diante.

Já para Pessoas Jurídicas, é possível gerar até 20 chaves Pix por conta. Contudo, quem tem conta PJ não pode usar o número do CPF como uma das 20 opções de chave, tá bom? Isso porque p CPF é uma sequência numérica vinculada à pessoas físicas.

Você pode cadastrar um Pix onde você quiser! O que não pode acontecer no momento dessa criação é tentar utilizar a mesma identificação em bancos ou instituições diferentes.

Por exemplo: se você criar uma chave Pix na instituição A utilizando seu CNPJ, não será possível criar uma chave em outro banco credenciado pelo BC também utilizando seu CNPJ. Isso porque o CNPJ é um número único e já estará vinculado a uma conta.

Portabilidade de chaves Pix

Se você cadastrou seu número de telefone celular como chave Pix na instituição A, por exemplo, mas por algum motivo se arrependeu ou até mesmo resolveu encerrar essa conta, saiba que é possível pedir a portabilidade da chave Pix para outra instituição.

Para isso, basta abrir o aplicativo da nova instituição e registrar o número de telefone (que utilizamos como exemplo) como chave do Pix. Vai aparecer uma mensagem, informando que essa chave já foi cadastrada em outra instituição. Então, escolha a opção de “fazer portabilidade”.

Após essa solicitação, você terá que abrir o app da instituição A e confirmar o pedido da portabilidade. Dentro do prazo de sete dias, o processo será concluído pelo Banco Central. A partir do momento que a portabilidade é solicitada e aceita, você não poderá cancelar a ação.

O processo acontece de forma bem parecida com aquela realizada para fazer portabilidade junto às operadoras de telefonia ou portabilidade de conta salário.

A chave aleatória, um código aleatório que contém 32 caracteres, é a única chave do Pix que não pode ter a portabilidade solicitada.

É possível reivindicar chaves do Pix

Tentou criar uma chave Pix e deu erro, dizendo que esse código já pertence a outro usuário do Pix? É possível reivindicar a chave junto à instituição financeira na qual você tentou adicionar esse apelido, diretamente pelo celular.

Após fazer a reivindicação, a pessoa que registrou primeiramente a chave do Pix tem até sete dias para comprovar se realmente é a dona daquele CPF, CNPJ, e-mail ou número de telefone. Caso ela não consiga fazer a comprovação, a chave será transferida automaticamente para quem a reivindicou.

Como registrar uma chave Pix na Juno?

Existem quatro maneiras de criar uma chave Pix na Juno:

1. Como criar uma chave Pix com o CPF ou CNPJ

  • Selecione a opção Pix em sua Conta Juno;
  • Vá em Minhas Chaves e selecione o ícone de chave;
  • Escolha a opção CPF/CNPJ;
  • Digite seu número de CNPJ ou CPF e selecione a opção Confirmar;
  • Também confirme os dados da sua conta;
  • O Token Juno vai validar a solicitação automaticamente;
  • Pronto, sua chave Pix com CPF/CNPJ foi cadastrada com sucesso.

2. Como criar uma chave Pix com seu e-mail

  • Selecione a opção Pix em sua Conta Juno;
  • Vá em Minhas Chaves e selecione o ícone de chave;
  • Escolha a opção E-mail;
  • Digite seu e-mail e selecione a opção Confirmar;
  • Também confirme os dados da sua conta;
  • Você receberá um código de validação nesse e-mail, digite-o no app da Juno;
  • O Token Juno vai validar a solicitação automaticamente;
  • Pronto, sua chave Pix com e-mail foi cadastrada com sucesso.

3. Como criar uma chave Pix com seu número de celular

  • Selecione a opção Pix em sua conta Juno;
  • Vá em Minhas Chaves e selecione o ícone de chave;
  • Escolha a opção Celular;
  • Insira seu número, com DDD, e selecione a opção Confirmar;
  • Você receberá um SMS com um código de validação no telefone que acabou de registrar;
  • Insira o código recebido no app da Juno. Caso não tenha recebido, selecione a opção Reenviar código por SMS;
  • Também confirme os dados da sua conta;
  • O Token Juno vai validar a solicitação automaticamente;
  • Pronto, sua chave Pix com o número de celular foi cadastrada com sucesso.