Materiais gratuitos

Amor nos negócios: casais que empreendem juntos (e dicas para fazer isso)

Você conhece histórias de casais que empreendem juntos? Um bom relacionamento envolve muita parceria e planos, seja para atividades de casal, viagens, compras e até mesmo para ideias de negócio. Vamos mostrar a história de um amor que deu certo nos negócios!

Casais_que_empreendem_juntos
Tempo de leitura: 4 minutos

Você conhece histórias de casais que empreendem juntos? Um bom relacionamento envolve muita parceria e planos, seja para atividades de casal, viagens, compras e até mesmo para ideias de negócio.

A melhor pomada do Brasil 

Conversamos com o casal curitibano Samanta Busmayer e Emilio Antoniuk, sócios da Knucklehead pomade.
Desde que começaram a namorar, eles sempre conversavam sobre a vontade de ter suas próprias empresas. Ela com seu café e ele com a marca de pomadas para cabelo, a Knucklehead – nome inspirado em um motor de moto da década de 30.
Com o tempo, a Knucklehead começou a crescer. A Samanta estava um pouco estressada com o café e o Emílio queria fazer a empresa se desenvolver mais rápido, mas por problemas de tempo de seu antigo sócio, que já tinha outras empresas, não conseguia.
Então, ele perguntou se ela não tinha interesse em ajudá-lo com a marca na parte administrativa e financeira, onde ela sempre foi boa, enquanto ele ficava no desenvolvimento e marketing. Eles conversaram com o outro sócio, que abriu mão da sociedade para Samanta entrar no lugar.
Isso melhorou ainda mais a empresa, com o espírito empreendedor dos dois e a vontade de realizar seus sonhos, foi fácil de conciliar os negócios, e volta e meia eles estão pensando em coisas novas para investir.
A marca começou com a busca de Emilio por uma pomada para cabelo que tivesse a qualidade das gringas, e que envolvesse o público com o lifestyle da barbearia clássica e universo custom. Hoje, além das pomadas para diversos tipos de penteados, também contam com shampoo masculino, óleo para barba e grooming – e estão com planos de exportação para os EUA.

Tempo da empresa e tempo do casal

Eles admitem que às vezes escapa uma coisa ou outra, mas sempre se policiam para deixar cada assunto em seu tempo e lugar. Como o trabalho deles se mistura um pouco com os hobbies do casal (criatividade, motos, cafés, viagens), às vezes, durante um jantar, podem acabar surgindo novas ideias de negócio, mas essas conversas não são para resolver problemas da empresa, isso eles deixam no escritório.

Dicas para casais que querem empreender juntos

A primeira coisa, eles dizem, é definir se os dois gostam do que fazem. Isso é o que deu muito certo entre eles, de compartilharem da mesma paixão por negócios e pelo estilo de vida que a Knucklehead leva para seus clientes.
Outra dica é definir os papéis de cada um na empresa e respeitar o trabalho do outro. Eles se comunicam, claro, mas a decisão final de cada área é do responsável por aquela área.
Por fim, não confundir problemas pessoais com problemas da empresa, ter inteligência emocional e autoconhecimento para lidar com isso. Não levar problemas para casa, deixar o ego do lado e saber se colocar na posição do outro, entender porque a outra pessoa tem outra opinião para então chegar em um consenso.

Samanta e Emilio. – Foto: Daniel Zielonka

E assim, como nessa história, muitos outros casais estão expandindo o relacionamento para o mundo dos negócios, por terem vontades e profissões semelhantes ou compartilharem o sonho de se tornarem empreendedores.

Está pensando em começar uma “aventura empreendedora” com o seu amor? Fique atento a alguns pontos importantes:

Mantenha as coisas separadas

Não deixe que as coisas que acontecem na vida pessoal interfiram nas questões da empresa  –  e vice-versa. Discussões do relacionamento na vivência da empresa afetam o trabalho e levar os problemas do seu negócio para casa pode desgastar o relacionamento.

Sejam pacientes

Trabalhar com seu parceiro exige um bom planejamento, para alinhar sonhos e ideias, além de bastante paciência. É fundamental entender os pontos levantados pela outra pessoa, saber se posicionar, respeitar as obrigações de cada um e sempre manter-se calmo, para não criar um clima de tensão no relacionamento e atrapalhar  o crescimento da empresa.

Defina horários de trabalho e horários de lazer

Para que tudo se mantenha saudável no relacionamento, é importante definir horários para trabalhar, fazer reuniões e colocar a mão na massa, além de estabelecer momentos para curtir a companhia do outro. Essa divisão de horários não deixa o negócio ser um empecilho para os programas do casal que vocês tinham antes de empreender.

Conversem muito

A base de um bom relacionamento deve ser sempre o diálogo  –  e, no mundo dos negócios, conversar também é fundamental. Estejam abertos a discutir ideias, trocar informações sobre o que acontece na empresa e mantenham uma comunicação clara em todos os sentidos, para que os objetivos dos dois fiquem alinhados e o empreendimento possa crescer.

Tenham sempre muito respeito

O dia a dia de um empreendedor é cheio de compromissos, tarefas e discussões para que o negócio funcione corretamente. Com isso, a rotina pode acabar sendo estressante e, quando temos intimidade com a pessoa ao lado, são grandes as chances de ser mais agressivo ou acabar descontando as emoções no parceiro. Lembre-se que o respeito ao outro deve ser uma prioridade  –  tanto na empresa quanto em outros pontos do relacionamento.

Usem a Juno! 😉

  • Tenha maior controle sobre suas cobranças
  • Receba de seus clientes por boleto bancário ou cartão de crédito
  • Pague contas diretamente na plataforma
  • Use links de pagamento para vender pelas redes sociais e WhatsApp.

Mais tempo para romance, menos tempo para burocracia!
Soluções financeiras para pessoa física, empresas e sistemas de gestão.

E aí, você já trabalha com seu amor? Conte pra gente nos comentários sobre a sua experiência! 🙂