Meu negócio

Dicas para atrair mais alunos para as suas aulas particulares

Empreender como professor é uma forma de gerar renda extra e planejar sua carreira. Descubra como atrair mais alunos para suas aulas particulares!

aulas particulares
Tempo de leitura: 3 minutos

Se tornar professor particular é uma das melhores formas de conseguir uma renda extra ou traçar uma carreira com pegada mais empreendedora, com a possibilidade de  uma rotina flexível e estando a frente do seu próprio trabalho. Além disso, é uma oportunidade valiosa de compartilhar conhecimento e contribuir para a educação de crianças, adolescentes, adultos, idosos e vários outros públicos.

Quem dá aula sabe que é essencial ser paciente, dedicado, ter didática e possuir um conhecimento considerável da disciplina ou conteúdo que está ensinando. Se você se encaixa nesses requisitos, o mercado da educação está de portas abertas pra te receber!

Para começar oficialmente na jornada de professor particular, você precisa definir qual o seu nível de atuação e o quanto você sabe sobre o conteúdo que vai ensinar, ter em mente quanto vai cobrar por aula ministrada e descobrir qual metodologia mais combina com o tipo de professor que você quer ser. 

Já sabe tudo isso? Então chegou a hora de colocar a mão na massa e encontrar seus alunos! Para ajudar você com isso, separamos algumas dicas show de bola para você começar a dar aulas particulares. Vem com a gente. 😎

Marque presença nas redes sociais

Não é novidade para ninguém que o meio digital é um dos canais mais assertivos para promover produtos ou serviços. A questão, entretanto, não é apenas onde divulgar suas aulas, mas também como. O primeiro passo é saber onde encontrar seu público – se você dá aulas para alunos do ensino médio, por exemplo, procure saber quais redes sociais eles utilizam. 

Com isso, você consegue divulgar seus serviços para o público certo. Seja por meio de grupos e fóruns específicos para quem busca professor particular ou até mesmo patrocinando anúncios no Facebook Ads, é essencial saber quem você quer atingir com a sua propaganda.

Outro ponto fundamental é a linguagem. É ideal falar a mesma língua que seu público-alvo – e não estamos falando de idioma. Utilizar o mesmo tom de voz aproxima as pessoas e proporciona mais credibilidade para você. Preste atenção também na descrição do seu anúncio, mencione  detalhes da sua metodologia de ensino, mostrando que domina o conteúdo que está ministrando e claro, com ortografia e gramática impecáveis, já que essa é a primeira impressão que seu aluno terá de você. 😉

Leia também: 10 dúvidas de marketing digital para pequenas empresas

aulas particulares

Estabeleça uma rede de contato

Desenvolver um networking funciona muito bem, principalmente para serviços como aulas particulares. Se o seu foco são aulas particulares presenciais, invista em ficar conhecido na cidade, bairro ou região onde seus alunos se encontram. Você pode divulgar seu trabalho em escolas, universidades ou associações educativas, promover palestras sobre algum tema interessante e conversar com professores, vizinhos, familiares e amigos – tudo é válido na hora de divulgar seu trabalho.

Explore as plataformas online

Existem várias plataformas destinadas para fazer a ponte entre o aluno e o professor. Com elas, você anuncia suas aulas e inclui todos os assuntos que está apto a ensinar, além de estar a disposição de vários alunos, tanto para aulas online quanto para aulas presenciais.

É bacana pesquisar sobre essas plataformas e entender qual faz mais sentido para seu modelo de aula. As mais utilizadas, no geral, são Superprof e Profes.

Leia também: Case de sucesso – Teacher Chris – Como empreender como professor

Invista em inovação

O mercado educacional exige que os profissionais se reinventem todos os dias. Estar por dentro das novidades, contar com soluções tecnológicas e ser flexível são alguns dos pilares para o novo profissional da educação.

Por isso, não tenha medo de arriscar. Aposte em videoaulas  no Youtube, em atendimento por Skype ou em gerar conteúdo através de blogs e redes sociais. Também é legal investir em plataformas para cobrar seus clientes online, oferecendo opções de pagamento atrativas como boleto e cartão de crédito, além de ter uma gestão mais eficiente do seu negócio.

Curtiu nossas dicas? Quer deixar uma sugestão ou tem alguma dúvida sobre esse post? Conta pra gente nos comentários! 😉