ERPs

7 vantagens de trabalhar com machine learning em ERPs

Integrar o seu sistema ERP com machine learning permite uma série de análises de dados que são fundamentais para a otimização do seu negócio. Conheça todas as vantagens dessa integração!

Machine learning imagem descritiva
Tempo de leitura: 5 minutos

Estar por dentro dos avanços da tecnologia já faz parte da rotina de processos empresariais, mas ainda assim pode ser um verdadeiro desafio para o gestor de um negócio acompanhar tudo que é lançado e absorver aquilo que tem a melhor aplicabilidade para a sua empresa. 

É indiscutível que técnicas inteligentes são capazes de alavancar o desempenho operacional e alcançar maior produtividade, o que garante competitividade às empresas. 

Dentro desse cenário está o machine learning, que na tradução literal do inglês significa aprendizado de máquina. No universo empresarial, esse tipo de tecnologia é aplicada principalmente no que se refere à automação de modelos analíticos, com o objetivo de de descrever uma nova metodologia para a avaliação estratégica de dados.

A integração do machine learning ao seu sistema ERP possibilita, a partir de uma série de padrões iniciais, a análise de eventos recorrentes e também a identificação de novas tendências de dados, o que permite respostas e previsões por parte do sistema.

Como funciona o machine learning?

A tecnologia presente na indicação de playlists do Spotify de acordo com o seu gosto musical, nas sugestões de filmes e séries da Netflix seguindo uma lógica do que você já você assistiu e até mesmo na marcação de pessoas em fotos no Facebook são algumas das aplicações do machine learning no nosso dia a dia. Mas no universo empresarial, esse sistema tecnológico pode significar muito mais do que apenas personalização e praticidade

Machine learning é uma metodologia automatizada de análise e construção de dados. É a tecnologia que possibilita utilizar sistemas para identificar padrões, interpretar um grande volume de informações e, a partir disso, realizar uma ação que pode ser um relatório simples ou até mesmo um processo mais complexo, como o envio de um e-mail a alguns clientes selecionados de forma automática, por exemplo. 

Nesse sentido, os sistemas de machine learning agem na captação de dados de forma massiva e, por meio de logaritmos e de outros cálculos matemáticos mais complexos, eles conseguem identificar padrões para prever resultados com maior precisão. 

As empresas usam esse tipo de processo de forma cada vez mais intensa, rápida e com base em um volume de informações sempre mais denso. Essa tecnologia permite que um mesmo dado seja analisado repetidas vezes e essa repetição acaba sendo um processo inerente ao machine learning, pois possibilita que o sistema assimile as informações, se adapte e entregue respostas e confiáveis mais assertivas a cada tentativa. 

Dentro dessa lógica, existe o termo “treinamento de sistemas”, que é justamente a partir da repetição de processos com dados novos é que é possível obter máquinas e softwares mais inteligentes.

Conheça os benefícios do machine learning

Muito além de entregar resultados mais confiáveis e assertivos, contar com sistemas inteligentes nos processos empresariais pode trazer benefícios fundamentais para o seu negócio, como:

  • Redução de custos;
  • Automação de tarefas; 
  • Gestão baseada em dados; 
  • Mais segurança;
  • Personalização de atendimento; 
  • Aumento de produtividade; 
  • Aprendizado com dados. 

Independente do segmento ou porte da empresa, a informação se tornou a moeda de troca mais valiosa nesse cenário. Por isso, negócios que dominam dados gerados com inteligência e utilizam as informações geradas para melhorar cada vez mais seus processo internos, só tem a ganhar e se destacar em meio a concorrência.

Machine learning em conjunto com seu ERP

Os ERPs (Sistemas de Gestão Empresarial) já estão bem consolidados no mercado, seja para negócios voltados para marketing, finanças ou até mesmo para um âmbito operacional. No entanto, responder com assertividade a eventos futuros ainda era um problema para esse tipo de sistema, pois eles estavam programados para realizar apenas tarefas determinadas e não fazer uma metodologia de análise de dados para entrega de resultados e previsões. 

É justamente nessa necessidade dos ERPs que a aplicabilidade do learning machine cai como uma luva. A partir dessa capacidade de aprendizado de máquina, o software se torna cada vez mais eficiente, sendo alimentado com dados que possibilitam análises preditivas. Com isso, o trabalho que costumava levar semanas para ser realizado, passou a ser feito em apenas alguns minutos.

Machine learning imagem descritiva


As vantagens de implantar machine learning no seu ERP

Maior precisão

O ERP já se mostrou bom o suficiente para fornecer a uma empresa uma estimativa de previsões que podem se tornar realidade em um futuro próximo. Vamos dar um exemplo de inventário: com base em dados disponíveis anteriormente, o ERP tem a capacidade de alertar sobre quando os estoques podem acabar.

Ainda que o ERP preveja bem, em conjunto com o machine learning ele será capaz de fazê-lo com muito mais precisão e por intervalos de tempo ainda mais longos. 

Qualidade de produção 

Em conjunto com o learning machine, o ERP tem a capacidade de ajudar o negócio a melhorar sua produção, otimizando sua eficiência, pois tendem a solucionar os problemas básicos das produções.

Os algoritmos de learning machine desviam os dados falhos e testam as correlações com outros dados disponíveis, com o objetivo de reduzir os fatores que possam prejudicar a qualidade de produção. Esse processo pode incluir tanto dados de departamentos de qualidade quanto dados do ciclo de vida do produto.

Manutenção preventiva

A aplicação do machine learning, quando associada ao ERP, também é importante para aprimorar os processos produtivos industriais. A partir de dados gerados por relatórios de produtividade por unidade de máquina, por exemplo, é possível observar padrões que indicam a necessidade de empreender ajustes preventivos na fábrica, evitando transtornos e prejuízos decorrentes de uma eventual paralisação de emergência.

Análises de mercado 

Para se manter o seu negócio cada vez mais competitivo e aquecido no mercado, é importante fazer constantes análises por meio de relatórios e estudos, sempre com base em dados tanto do cenário em que sua empresa está inserida quanto dados internos. 

Essa análise interna é possível com um sistema eficiente de learning machine agindo em conjunto com o seus ERP, que analisa os dados e fornece resultados concretos sobre os mesmos, permitindo uma análise de mercado mais completa.

Melhoria de processos logísticos

Quando incorporado, via ERP, à gestão dos processos logísticos, o machine learning contribui para que a operação de armazenagem e distribuição seja mais eficiente.

O diálogo estabelecido entre a assimilação de padrões e a identificação de novos cenários permite que haja uma otimização de estoques e um bom acompanhamento de desempenho, o que traz à análise de dados uma credibilidade que se apoia no que já aconteceu para prever o que ainda vai acontecer em seguida.

Otimização de recursos

O machine learning aplicado ao ERP influencia a produtividade nos processos internos ao mesmo tempo em que agiliza os pontos de contato com o mercado, produzindo, por exemplo, respostas predefinidas diante de uma nova demanda do cliente, bastando para isso consultar os dados do histórico de pedidos ou reports armazenados. 

Esse encadeamento de ações positivas,  que permitem e favorecem a alavancagem operacional, reduzem a incidência de retrabalhos improdutivos, o que minimiza erros e reduz custos.

Redução de custos

A redução de custos acontece tanto na captação e análise de dados quanto na automação de tarefas. A análise de dados e cenários complexos não demanda mais tanta intervenção humana, o que reduz equipes e custos, mas ainda assim, elas são feitas com rapidez e confiabilidade, o que melhora o custo-benefício dos processos de forma considerável.

A automação de tarefas é uma excelente maneira de aliviar os processos burocráticos e repetitivos da equipe, que passa a ter foco exclusivo no core business da empresa. Além disso, o uso de learning machine reduz os riscos de erro humano e retrabalhos.

Leia também: Como tornar o seu ERP mais completo?

Gateway de pagamentos para ERPs

A Juno é uma intermediadora de pagamentos que veio para descomplicar os serviços financeiros da sua empresa, com uma gestão completa das transações e clientes do seu negócio. 

Com a nossa solução, você pode integrar as suas cobranças de forma simples a partir de uma API simples e robusta, além de contar com as melhores funcionalidades do mercado para garantir a segurança de todas as suas transações.

Saiba como a Juno pode ajudar o seu ERP: 

  •  Emissão de cobranças com boleto bancário e cartão de crédito;
  •  Relatórios diários automatizados;
  •  Automação de arquivos de remessa e de retorno;
  •  Baixa automática de boletos bancários;
  •  Cobranças recorrentes e tokenização do cartão de crédito.

Integre seu ERP com a Juno e ofereça aos seus clientes a melhor e mais segura tecnologia em pagamentos do mercado.

Gostou de saber mais sobre a integração de um ERP com learning machine? Ficou com alguma dúvida? Deixa com um comentário pra gente