E-commerce

6 fatores que afetam a taxa de conversão do seu e-commerce

Aumentar a conversão de vendas é objetivo de todo negócio, principalmente de lojas virtuais, por conta do alto nível de competitividade do segmento. Mas essa conversão depende de uma série de fatores, conheça os principais!

Conversão imagem descritiva
Tempo de leitura: 4 minutos

A otimização das vendas é de longe principal objetivo de todo negócio, independente da sua área de atuação, tamanho ou até mesmo tempo de mercado. No segmento do comércio eletrônico, essa meta fica ainda mais evidente, por conta da alta competitividade de concorrentes de mercado e preços entre as lojas online. 

Para aumentar a conversão de vendas em e-commerces é preciso levar em consideração uma série de fatores, mas o elemento-chave que pode ser usado como ponto de partida nessa estratégia é a figura do consumidor. Afinal, ele representa um papel determinante na hora de fechar uma venda.

No entanto, as vendas de um e-commerce vão muito além da jornada do cliente em uma loja virtual, e entender as principais estratégias envolvidas no processo para aumentar a conversão de vendas é a forma mais assertiva para o gestor do negócio alcançar esse objetivo. 

Leia também: 5 dicas para reduzir custos no seu e-commerce

Confira as nossas os principais fatores que afetam a taxa de conversão de vendas do seu e-commerce no artigo que preparamos para você!

Conversão imagem descritiva

Fatores que aumentam a taxa de conversão do seu e-commerce

Conheça bem o seu o cliente

Segundo dados levantados pelo E-Commerce Brasil, a taxa de conversão de uma loja online brasileira varia entre 0,5% e 1%, atualmente. Isso significa que, a cada 200 usuários que visitam o seu e-commerce, pelo menos 1 deveria virar cliente.

Se a sua loja tem gerado um tráfego razoável e, ainda assim as conversões não têm se concretizando, a primeira questão a ser levada em consideração é o público-alvo do seu e-commerce.  

Quando o assunto é aumentar a taxa de conversão de uma loja online, o consumidor representa um papel fundamental, pois é ele quem vai efetuar as compras, então conhecer muito bem o seu perfil é fundamental para o sucesso do negócio.

Esse processo é composto por duas etapas principais: 

  • Atrair um público que realmente esteja interessado nos produtos oferecidos pela sua loja virtual;
  • Guiar o cliente que faz parte desse público por toda a jornada do seu site.

Todo esse processo só é possível se você conseguir conversar com o público-alvo do seu negócio. Uma estratégia que funciona muito bem para definir quem é o cliente ideal da sua empresa é criar personas, que vão ajudar a construir o perfil do consumidor do seu e-commerce.

As personas não precisam ser alguém específico, seu intuito principal é delinear, de maneira objetiva os traços comportamentais das pessoas que consomem seus serviços contábeis. Para construir esse perfil do seu consumidor ideal, é importante seguir algumas etapas:

  • Observar dados internos, disponíveis no seu CRM e também no Google Analytics; 
  • Conduzir entrevistas com pessoas que representam bem o seu público.

Após essa análise mais aprofundada, o perfil do seu cliente ideal fica mais claro, o que possibilita entender seus hábitos de consumo e, consequentemente, traçar uma boa estratégia de atração. Dependendo do tamanho do seu negócio e da quantidade de produtos que oferece, é possível criar mais de uma persona, mas atenção: não ideal criar um número muito grande de personas, pois isso pode acabar prejudicando sua estratégia. 

Monitore a jornada do cliente

A jornada do cliente é fundamental para acompanhar e entender o comportamento do consumidor no seu e-commerce, pois é a partir dela que você conhece todo o caminho percorrido por ele no seu negócio, desde o primeiro acesso ao site até a conclusão da compra.

Dessa forma, é possível observar, de forma assertiva, qual é a percepção do público-alvo da sua marca, para então colocar em prática ações estratégicas para consolidar a venda, com base nos dados sobre o seu público-alvo. 

Considere a experiência do usuário

Também conhecida como UX, a experiência do usuário é a impressão que seu site da sua loja causa do consumidor desde o primeiro clique até o momento em que ele fecha a compra e, consequentemente, a janela do navegador. 

Elementos que fazem diferença no UX:

  • Tempo de carregamento das páginas;
  • Navegabilidade do site;
  • Experiência em dispositivos móveis;
  • Anúncios simples e objetivos;
  • Ícones e miniaturas com imagens de qualidade;
  • Manter apenas etapas necessárias para o processo de compra na navegação.

Adapte sua loja para a experiência mobile 

O perfil do público que consome online vem mudando ao longo dos anos. De acordo com um levantamento chamado Panorama do Comércio Móvel no Brasil, realizado pela Mobile Time, em parceria com a Opinion Box, 85% do brasileiros que possuem smartphone, realizam compras via mobile.

Pensando nisso, o site da sua loja virtual precisa ser completamente responsivo e adaptável para a versão mobile, para que a experiência de compra do consumidor seja exatamente a mesma, tanto no site quanto na versão para smartphones.

Com o site do seu e-commerce responsivo, o consumidor consegue realizar compras e navegar pelos diferentes ambientes virtuais sem perder a qualidade de visualização e operação.

Desenvolva uma estratégia omnichannel 

O conceito de omnichannel surgiu do novo perfil de comportamento do consumidor, que que busca muito mais do que uma compra na hora de escolher produtos ou serviços de uma loja, ele busca uma experiência. Isso significa que é preciso desenvolver um relacionamento mais estreito e assertivo com clientes e prospects nesse cenário.

Para ganhar destaque um e-commerce deve ser omnichannel. Essa estratégia significa a integração entre diferentes pontos de contato junto ao consumidor. Seu principal objetivo é garantir uma melhor experiência de compra, além de criar e desenvolver um relacionamento mais estreito com clientes e prospects

Na prática, isso significa integrar loja física e virtual em todos os aspectos:

  • Ferramentas tecnológicas;
  • Estratégias de marketing;
  • Treinamento dos funcionários.

Ofereça mais opções de meios de pagamento para os seus clientes com a Juno

Os meios de pagamento desempenham um papel determinante na decisão de compra. Isso porque a falta de opções que conversem com as quais o consumidor tenha acesso e também que caibam no seu bolso, podem fazer com que ele abandone o carrinho. Isso significa que, na hora do pagamento de uma compra, essa diversificação ganha uma relevância ainda maior.

Leia também: Conheça os meios de pagamento mais usados no e-commerce

No momento de fechar uma venda, o cliente espera encontrar uma variedade de opções para pagar sua compra e para se manter competitivo no mercado, é fundamental que sua empresa acompanhe as tendências dos meios de pagamento. 

Com a Juno, você conta com uma tecnologia financeira completa para o seu negócio, e oferece para o seus clientes não apenas o boleto bancário, como também o cartão de crédito e pagamentos via QR Code para cobranças recorrentes via API. 

Leia também: Como emitir cobranças recorrentes com a Juno?

Quer saber como integrar o seu e-commerce com a Juno?

Preencha o formulário abaixo e a nossa equipe entrará em contato!

Quer continuar essa conversa? Fale com a gente pelas nossas redes sociais @tamojuno 🤟