5 dicas para profissionalizar o seu provedor de internet

Foto de Desirée Vilas Boas
Por Desirée Vilas Boas
5 min de leitura
20/01/2020

O mercado de provedores de internet é um dos que mais cresce no Brasil. Todavia, em um segmento com tantos gigantes, como destacar e profissionalizar o seu provedor? Vem com a gente nesse post para descobrir! ?

O mercado de provedores de internet regionais é um dos que mais cresce no Brasil, apresentando mais de 29% de participação no setor das telecomunicações. Cerca de 10 milhões de domicílios brasileiros são atendidos por provedores de pequeno e médio porte. Aliando tecnologia de alta qualidade, um atendimento eficaz e a expansão de serviços de internet para áreas onde as grandes operadoras não atendem, os pequenos provedores conquistam cada vez mais clientes.

Todavia, para manter um ritmo saudável de crescimento, o provedor de internet precisa estar atento a algumas outras questões além da tecnologia. Apesar de ser essencial entender sobre as novidades do segmento e oferecer serviços de banda larga, fibra ótica, wi-fi e todas as tecnologias que o mercado demanda, profissionalizar seu negócio é a melhor forma de se manter bem posicionado no mercado.

Pensando nisso, a gente trouxe algumas dicas para ajudar você a qualificar seu provedor de internet e se tornar referência no mercado de telecomunicações. ?

1. Esteja presente no âmbito digital

Ter um site responsivo, de fácil navegação e que oferte de maneira assertiva os serviços oferecidos é uma boa forma de começar a se posicionar de forma digital. Entretanto, para alcançar um público maior, é preciso ir além: invista em marketing digital. 

Com tantas empresas grandes no mercado, é fundamental destacar sua marca e mostrar o diferencial do seu provedor. Portanto, crie perfis empresariais nas redes sociais e aposte na criação de conteúdo de qualidade para atrair seu público-alvo. 

É interessante apostar em ferramentas como Google Ads e Facebook Ads para divulgar seus serviços e posicionar sua marca, já que ambos demandam um custo considerado baixo e são bem eficazes para atingir o público-alvo.

Por último, mas não menos importante, estar disponível nos canais de comunicação como e-mail, chat, redes sociais e afins aproxima seus clientes e proporciona um atendimento com mais agilidade.

Leia também: 10 dúvidas de marketing digital para pequenas empresas

2. Proporcione um atendimento de qualidade para seus clientes

Todo mundo gosta de ser bem atendido. Seja tomando um café na padaria ou contratando um serviço de recorrência, os clientes costumam levar a qualidade do atendimento em consideração na hora de avaliar a compra de um produto ou serviço.

Por isso, aposte em um atendimento personalizado. Essa é uma forma excelente de se destacar em relação às grandes empresas de telecomunicação, já que uma das maiores reclamações de quem contrata serviços de internet de empresas conhecidas no mercado é em relação a qualidade do atendimento prestado. 

Tenha um atendimento humanizado, focado na experiência do cliente para além do momento em que ele contrata os serviços de internet do seu provedor. Estando disponível para esclarecer dúvidas e resolver eventuais problemas que possam surgir, você fideliza seu cliente e impacta positivamente a forma como os consumidores enxergam sua empresa.

Leia também: O que é Customer Success e como ele pode ajudar no sucesso da sua empresa

3. Contrate um sistema de gestão

Existem vários tipos de sistema de gestão no mercado, e com certeza algum deles será o braço direito do seu provedor. 

Para ter sucesso na gestão do seu negócio, é necessário organizar a casa. Isso envolve estruturar sua carteira de clientes, observar a inadimplência, reunir dados de consumidores e prospects e entender a relação do cliente com a sua empresa.

O sistema de gestão mais utilizado entre os provedores é o ERP (Enterprise Resource Planning), que basicamente significa “Planejamento dos recursos da empresa”. Isso porque, além de todas as funcionalidades que a gente citou acima, alguns ERPs permitem a emissão de notas fiscais, emissão de cobranças por boleto ou cartão de crédito e muito mais.

Leia também: Sistema de gestão: o que é e como pode ajudar sua empresa

provedor

4. Estude a concorrência

Fique atento a tudo que está rolando no mercado: uma tecnologia nova, uma forma de negociar ou algum serviço adicional pode fazer grande diferença na hora de contratar um provedor de internet. 

Diante disso, procure mapear quais são seus principais concorrentes, qual o posicionamento da marca deles, quais serviços eles oferecem e até mesmo quais são os fornecedores que eles contratam. Mantendo a concorrência no radar, você consegue otimizar seu negócio e aprender com os erros e acertos de outros provedores.

5. Saiba onde está e para onde quer ir

Pode parecer meio óbvio, mas o principal elemento para o sucesso é entender em qual momento está o seu provedor e traçar um plano de crescimento alinhado às expectativas da empresa. 

Tanto em termos de tecnologia quanto financeiro, é essencial se programar. Por exemplo, se você tiver mais de 5 mil clientes cadastrados, é necessário ter a licença SCM da Anatel, que tem como objetivo garantir que o serviço prestado pelos provedores de internet sigam as diretrizes da Anatel. O processo de solicitação da licença é bem tranquilo e realizado online, pelo sistema mosaico da Anatel.

Outro ponto importante é o financeiro. Investir em tecnologia demanda uma boa quantidade de capital, por isso é interessante entender se tal tecnologia faz sentido para seu negócio, qual será o retorno sobre ela, qual o fornecedor com melhor custo-benefício e se é o melhor momento para tal investimento.

Curtiu nossas dicas para profissionalizar seu provedor? Tem algum outro ponto para compartilhar? Conta pra gente nos comentários. ?