Meu negócio

4 dicas de redução de custos para empreendedores

Reduzir custos em um negócio vai muito além de apenas economizar, é uma questão de sobrevivência no mercado para empresas de qualquer tipo. Conheça as principais formas de como fazer isso sem perder sua margem de lucro!

Redução de custos imagem descritiva
Tempo de leitura: 4 minutos

Pensar em economia já não é mais uma pauta para negócios em crise, é uma questão de sobrevivência para empresas de qualquer tipo e também porte. Ao fazer o planejamento financeiro de um negócio, é importante considerar que existem gastos inevitáveis, os famosos custos fixos e obrigações fiscais que vão onerar o orçamento empresarial. 

Ao considerar isso, é necessário entender as necessidades específicas do seu negócio e qual é a margem de lucro que sobra ao final de cada mês. Com essa conta feita, é possível pensar em investimentos e melhorias para a empresa. No entanto, ainda que todas as contas estejam longe do vermelho, que é o cenário mais otimista possível, é sempre importante pensar na redução de custos empresariais

Mas como fazer isso e ainda investir no negócio? Neste artigo você vai conhecer as principais estratégias de como reduzir os custos da sua empresa de forma inteligente, sem alterar a margem de lucro do seu negócio. Vem com a gente!

Redução de custos imagem descritiva

Como reduzir custos no seu negócio?

Reduzir custos em uma empresa é um um conjunto de estratégias e ações colocado em prática ao longo do planejamento anual do seu negócio. Separamos as principais dicas de como fazer isso, confira: 

Negociar com fornecedores

Uma estratégia muito eficiente para reduzir os custos do seu negócio é analisar o investimento na compra de matérias-primas para comercialização dos seus produtos, pois essa é uma parte do orçamento que ocupa uma grande fatia dos custos empresariais. Justamente por isso, é essencial estar atento aos preços oferecidos pelos fornecedores.

Ainda que você já tenha relação comercial com alguns fornecedores, é sempre importante buscar opções mais em conta no mercado, mas que ofereçam uma qualidade semelhante e prestem um bom serviço. Outro ponto fundamental é negociar condições mais favoráveis para compras em quantidades maiores.

Adotar boas práticas de logística

Um aspecto que precisa ser cuidadosamente avaliado é a forma de entrega do seu negócio. Falhas como atraso na entrega ou erros no envio não podem acontecer e é preciso um bom planejamento de logística para que seus produtos cheguem da melhor maneira para seus clientes.

Por esse motivo, os processos de logística da sua empresa precisam ser organizados. Eles devem ser muito claros para o consumidor, práticos para a empresa, eficientes e com o melhor custo-benefício. Isso quer dizer que você pode contar com um parceiro para entregas mais ágeis, caso o cliente queira pagar a mais por isso. No entanto, a empresa não deve descartar opções mais baratas, que ofereçam o mesmo serviço, mas com um prazo maior de entrega.

Se estamos falando de um e-commerce, por exemplo, existem algumas características diferenciadas que precisam ser levadas em consideração. 

O número de trocas das mercadorias em lojas online tende a ser alto, e isso implica em custos de logística para a empresa, pois a maioria dessas lojas  costuma oferecer a primeira troca como cortesia para os clientes. Por isso, é preciso contar com um bom sistema de logística reversa, garantindo a satisfação do consumidor.

Quando o assunto é frete, é necessário entender quanto esse processo custa para o seu negócio. Algumas lojas virtuais oferecem frete grátis, o que, geralmente, é uma boa estratégia. No entanto, é preciso analisar se essa ação é realmente vantajosa para a empresa ou se não está interferindo no lucro.

Manter uma boa gestão de estoque

O bom gerenciamento de estoque é essencial para um negócio. Em uma primeira análise, sua principal função é garantir que o cliente tenha acesso aos produtos e itens que escolheu e isso por si só já aumenta a conversão de vendas. Mas um estoque bem administrado é mais do que somente garantir que uma venda seja realizada. 

A boa gestão de um estoque pode evitar despesas com compras desnecessárias ou vendas perdidas por falta de armazenamento. Consequentemente, isso implica em uma boa redução de custos para a sua empresa.

Leia também: O que é estoque virtual e como ele pode ajudar no seu negócio?

Crie estratégias de fidelização e retenção de clientes

Realizar uma venda é o objetivo de todo negócio, mas fidelizar e reter clientes são estratégias realmente muito valiosas para qualquer empresa. Segundo o famoso autor da área de marketing, Philip Kotler, manter um cliente é de 5 a 7 vezes mais vantajoso do que conquistar um novo.

Para que isso se torne uma realidade para a sua empresa, é necessário realizar uma série de ações que vão desde o atendimento ao clientes, sua jornada de compra e entrega do produto, até estratégias de marketing digital, como e-mails marketing, por exemplo. 

Outro fator essencial nesse processo é a estratégia de pós-venda. Depois de fechar a venda, a relação com o seu cliente não acaba e é exatamente nesse momento que é importante trabalhar as estratégias para fidelizá-lo.

Para isso, você pode implementar programas de fidelidade, disponibilizar descontos exclusivos, entre outras diversas ações que o aproximam da sua marca e aumentam o nível de satisfação do cliente.

Novidades no mercado de pagamentos

A quarta dica para reduzir custos em um negócio também faz parte de um cenário que passou por mudanças importantes em 2020. Desde que o Pix do Bacen se tornou uma realidade no mercado financeiro do Brasil, o jogo mudou completamente também para os negócios, que precisaram se adaptar a essa novidade. 

Uma grande estratégia para aumentar a conversão de vendas e, consequentemente, reduzir custos de um negócio, é justamente oferecer não apenas mais meios de pagamento para o cliente, mas também formas de pagamento que caibam no seu bolso. 

É importante entender que, na jornada de compra, a hora de efetuar o pagamento, seja em uma loja online ou física, o consumidor vai procurar o meio de pagamento que for mais adequado para ele naquele momento. 

Seja o boleto bancário, o cartão de crédito ou então o formato mais instantâneo do mercado atualmente que é o Pix. O fundamental é que o seu negócio possa oferecer todos eles e ao integrar com a Juno, você pode fazer isso de forma descomplicada e inteligente.

Revolucione o seu negócio com o Pix!

Preencha o formulário abaixo e a nossa equipe entrará em contato!

Quer continuar essa conversa? Fale com a gente pelas nossas redes sociais @tamojuno 🤟