E-commerce

10 estratégias de remarketing para a sua loja online

O abandono de carrinho é um dos maiores pesadelos de qualquer e-commerce, mas soluções como o remarketing vem para reverter esse cenário. Saiba como aplicar as principais estratégias desse método!

Remarketing imagem descritiva
Tempo de leitura: 6 minutos

Um dos principais que um e-commerce pode enfrentar é o abandono de carrinho. De acordo com um estudo feito pela ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), em 2017, a média dessa taxa no Brasil é de 82%.

O levantamento aponta que esse índice quase empata com o número de compras efetivadas. Na prática, abandono de carrinho significa a desistência de uma compra por parte do cliente, depois de ele já ter escolhido um ou mais itens.

Essa métrica é calculada a partir da quantidade de clientes que efetuam o processo de compra, dividido pelo número de visitantes que não concluem a aquisição. 

São vários os motivos possíveis para um consumidor desistir de uma compra, desde problemas com o checkout, até mesmo com o cliente não encontrando exatamente aquilo que procurava, entre outros. Independente das causas, o abandono de carrinho não precisa ser algo definitivo para um e-commerce e uma das principais soluções para isso é o remarketing.

Também conhecido como retargeting, o remarketing é um conjunto de estratégias, ferramentas e técnicas utilizado para atingir justamente o público que já demonstrou algum interesse nos produtos ou serviços na sua loja online, mas que não completou a jornada de compra.

De uma maneira geral, esse tipo de estratégia está relacionado às automações, o que significa que em plataformas integradas e sistemas personalizados, permitindo identificar esses possíveis consumidores para o disparo de conteúdos exclusivos que ajudam na conversão da venda. Essa é a mecânica do remarketing.

Por ser um método muito efetivo para e-commerces, existem várias estratégias de remarketing possíveis para serem aplicadas, mas pode ficar tranquilo que neste artigo você vai conhecer as principais. Vem com a gente!

Remarketing imagem interna

Quais são as principais vantagens do remarketing?

Aumento do LTV

LTV é a sigla para a expressão em inglês lifetime value, e é uma métrica utilizada para calcular o faturamento que um cliente traz para seu negócio após ser conquistado.

Dentro da lógica do remarketing, o crescimento das recompras, ou seja, quando o consumidor retorna ao site da sua loja e recupera um carrinho abandonado, o LTV consequentemente aumenta.

A fórmula para calcular o LTV com a taxa de churn é a seguinte:

LTV = Valor ticket médio x Tempo de retenção de clientes

Leia também: Conheça os principais tipos de churn

Crescimento da taxa de conversão de vendas

Reconquistar um consumidor é o principal objetivo do remarketing e fazer isso é mais simples do que conquistar um novo cliente, pois essa pessoa já demonstrou interesse pelos produtos ou serviços da sua loja antes.

O desafio nesse momento é criar gatilhos de comunicação, que podem até mesmo envolver descontos, que conversem com o público-alvo da sua loja online. Dentro dessa estratégia, é possível pensar em mercadorias complementares, vendas casadas, upgrades ou reposições para que o consumidor efetue a compra.

Essa estratégia aumenta gradualmente a taxa de conversão de vendas da sua loja online com sucesso.

Diminuição do CAC

Assim como é mais simples reconquistar um cliente, é definitivamente menos custoso também. O CAC, sigla para Custa de Aquisição de Clientes, e ele serve justamente para mensurar o investimento médio em esforços diretos para conquistar um cliente. 

Em uma primeira interpretação, pode parecer que o remarketing pode aumentar esses custos ao invés de diminuir. Mas o grande pulo do gato é que para esse tipo de estratégia, você já conhece o público-alvo da sua loja online, o que possibilita pular etapas e otimizar gastos e, consequentemente, reduzir o CAC, aumentando as chances de fidelizar clientes.

Recuperação de carrinhos abandonados

A principal vantagem e também consequência do remarketing é a redução do abandono de carrinhos na sua loja virtual. Isso é possível a partir de anúncios com lembretes, condições especiais e descontos enviados diretamente para o cliente que saiu do site sem efetuar a compra.

Conheça as principais estratégias de remarketing para o seu e-commerce

Separamos as dez principais estratégias de remarketing para você aplicar na sua loja online, confira:

1. Crie listas de upsell e cross-sell

Essas são listas voltadas especificamente para aqueles clientes que já compraram em sua loja.

Para cross-sell, você deve criar anúncios capazes de promover ofertas complementares aos produtos que foram comprados recentemente pelos consumidores do seu e-commerce.

No grupo de upsell, envie ofertas de valor mais elevado de itens similares, superiores ou atualizados dos produtos adquiridos anteriormente por aqueles clientes.

2. Atraia clientes em um período específico após a compra anterior

Uma das grandes vantagens necessárias para utilizar o remarketing é conhecer muito bem o público-alvo do seu negócio, e isso envolve entender o ciclo de uso dos seus produtos e também o intervalo de compra dos seus clientes. A partir disso, é interessante preparar uma campanha de remarketing para ser ativada quando os consumidores precisarem de uma reposição.

Um bom exemplo disso, é para um loja que comercializa itens de cosméticos e realizou uma venda de um shampoo que dura em média 1 mês. Após esse período, é uma boa hora para veicular anúncios deste produto para o cliente que efetuou a compra.

3. Crie anúncios personalizados

É importante pensar que quanto mais diretos e personalizados seus anúncios de remarketing forem, mais assertivos elas vão ser. 

Um ponto que faz muita diferença, é que eles apresentem uma identidade visual parecida com o site da sua loja online, ou que exista uma área no site dedicada a promoções que tenha esse mesmo visual, para o cliente sentir maior confiabilidade na hora de fechar uma compra.

4. Desenvolva estratégias exclusivas de remarketing

A exclusividade é uma grande aliada do comércio eletrônico de um modo geral e dentro do remarketing isso não poderia ser diferente. Quando pensamos nesse tipo de estratégia, é fundamental passar a mensagem de que aquela oferta está apenas disponível para que clicar no anúncio.

As possibilidades são muitas: pode ser uma desconto, frete grátis, uma condição especial de compra, entre muitas outras.

5. Cries listas diferentes para cada categoria da sua loja

Uma estratégia muito assertiva na hora de montar suas listas para o disparo dos anúncios, é segmentá-las em grupo de acordo com cada categoria de produto da sua loja online.

Se você tem um e-commerce de roupas, por exemplo, é possível criar uma lista para clientes que visitaram recentemente a seção masculina e uma outra apenas para consumidores que acessaram a área do site de acessórios femininos.

6. Aposte em datas comemorativas

Datas comemorativas como Dia dos Namorados, Black Friday e Natal, são ótimas para colocar essa estratégia em prática. Muitas vezes o consumidor demonstrou interesse, mas ficou no aguardo de uma oferta maior e esse é o momento ideal de tentar mais uma vez a reconquista.

Para garantir a eficiência dessa estratégia é fundamental antecipar esse tipo de oferta. Então se seu e-commerce vai preparar um desconto especial para a Black Friday, por exemplo, o anúncio precisa começar a veicular antes para que o consumidor tenha tempo para realizar a compra até a data final.

7. Passe um tom de urgência nos anúncios

Afirmar que determinada oferta é por tempo limitado é um clássico do marketing e funciona muito bem para esse tipo de método, pois o cliente já havia demonstrado algum nível de interesse no produto e pode ser que esse tipo de discurso em tom de urgência ajude a converter a venda.

Para impactar ainda mais os consumidores, é possível criar um cupom com data de expiração ou ainda informar que o item em promoção tem pouco estoque, para dar ainda mais um tom de urgência e exclusividade.

8. Alinhe a exibição dos anúncios com o ciclo de compra

É preciso conhecer bem o ciclo de compra habitual dos seus clientes para traçar uma estratégia de exibição de anúncios que seja mais assertiva para o seu negócio.

Por exemplo, uma mercadoria na qual um consumidor não demora mais do que 3 dias para tomar uma decisão de compra não precisa ser anunciado por 30 dias.

9. Impacte os visitantes que abandonaram carrinhos

Para essa estratégia, você deve usar a URL da página do carrinho de compras como parâmetro para indicar que somente os visitantes que chegarem até ali devem ser inseridos na lista do anúncio.

Uma dica: para evitar que quem tenha efetuado compras do produto também seja incluído na lista, exclua os visitantes que forem até a página de checkout da sua loja.

10. Conte com lembretes automáticos de pagamento

Depois de ter reconquistado seu cliente e já ter trabalhado em estratégias para fidelizá-lo no seu e-commerce, é fundamental garantir que os pagamentos das compras efetuadas na sua loja por boleto! 

Quando você emite cobranças com a Juno, é possível o envio de lembretes automáticos de vencimento para seus clientes.

A Juno encaminha os avisos:

  • Na data da emissão;
  • 3 dias antes da data de vencimento;
  • No dia do vencimento;

Caso você opte por receber após o vencimento, no momento da emissão enviamos uma notificação no último dia do prazo estabelecido para pagamento.

E aí? Pronto para impulsionar as vendas da sua loja online com essas estratégias de remarketing? Venda mais com a Juno.

Quer continuar essa conversa? Fale com a gente pelas nossas redes sociais @tamojuno ?